Cerca de 70 pessoas invadiram a delegacia do município de Wanderley, a 670 km de Salvador, na madrugada deste domingo (15) e mataram a golpes de faca e pauladas o preso Everaldo Pereira da Silva, de 42 anos, que cumpria pena por homicídio. A população também quebrou computadores, roubou material de escritório e arrombaras as portas e janelas do prédio.

De acordo com a Polícia Militar, dois policiais estavam na delegacia no momento da invasão e tiveram as armas roubadas. O coordenador regional de Polícia Civil, André Aragão, e o comandante do 10º Batalhão de Polícia Militar de Barreiras, Cel. José Carlos Batista Reis, foram à cidade pela manhã para apurar o fato.

As armas roubadas foram recuperadas e sete pessoas consideradas cabeças do movimento foram presas em flagrante. Elas foram encaminhadas ao Complexo Policial de Barreiras, onde chegaram por volta das 11h.
Correio*