maio 2009
D S T Q Q S S
« abr   jun »
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  

:: 1/mai/2009 . 23:35

México: epidemia de gripe afugenta turistas estrangeiros

O secretário de Turismo do México, Rodolfo Elizondo, disse hoje que quase todos os turistas estrangeiros que estavam no país viajaram de volta para casa após a divulgação dos primeiros casos da epidemia da gripe A (H1N1), chamada de gripe suína.

“Ficamos praticamente sem turismo internacional. Neste momento, não podemos fazer nada”, disse o secretário. “Estive em Cancún e vi aviões que chegam vazios para levar gente que estava aqui.”

O balneário, situado na região sudeste, é o principal destino turístico do país e de todo o Caribe. Nos últimos dias, porém, os empresários locais têm vivido um dos piores momentos para seus negócios.

:: LEIA MAIS »

Sobe para 7 o número de casos suspeitos de influenza A no Brasil

Praticamente dobrou o número de casos suspeitos de gripe suína no Brasil. Nesta sexta-feira, são sete o número de casos suspeitos no Brasil, segundo o Ministério da Saúde. Na quinta-feira, eram 4. São 3 casos em Minas Gerais, um no Rio de Janeiro, dois em São Paulo e um no Espírito Santo.

Todos as sete pessoas estiveram nos Estados Unidos ou no México, países considerados áreas de risco por terem grande número de infectados. Todos já estão sendo medicados e estão internados em hospitais de referência para tratamento da influenza.

:: LEIA MAIS »

Comissão de avaliação do COI percorre Rio e instalações esportivas

A comissão de avaliação do Comitê Olímpico Internacional (COI) está fazendo, nesta sexta-feira, a visita pela cidade e locais de competições que seriam usados caso o Rio vença a disputa com Chicago, Madri e Tóquio e seja eleito a sede dos Jogos Olímpicos de 2016. Os 13 integrantes da comitiva iniciaram o percurso nesta manhã, às 8h, quando saíram do Copacabana Palace.

A primeira parada foi o Forte de Copacabana, local que, junto com a Lagoa e Flamengo receberiam oito esportes olímpicos e cinco paraolímpicos.

:: LEIA MAIS »

Livro de João Ubaldo Ribeiro é vetado em rede de lojas de Portugal

O escritor baiano João Ubaldo Ribeiro teve uma surpresa, esta semana. Através do seu editor em Portugal, ele soube que o livro A casa dos budas ditosos foi censurado por uma rede de lojas que atua no comércio lusitano. A notícia foi publicada no jornal Expresso do dia 25, gerando reclamações de intelectuais da terra onde o brasileiro recebeu, no ano passado, o Camões, o mais importante prêmio literário em língua portuguesa.

“Não é nenhuma censura oficial de Portugal”, fez questão de ressaltar, do Rio de Janeiro, João Ubaldo, membro da Academia Brasileira de Letras, em entrevista . “O veto é de uma cadeia de lojas de superfície, como os portugueses chamam as grandes empresas que vendem tudo, inclusive livros”, detalhou.

O grupo Auchan, de origem francesa, justificou a decisão de não comercializar a obra, relançada pela Edições Nelson de Matos, por considerá-la produto de “foro pornográfico”. A mesma rede já havia vetado a primeira edição da obra, com o selo Dom Quixote, há dez anos.

:: LEIA MAIS »

Petrobras tira com sucesso primeiro óleo de Tupi

O presidente da Petrobras, José Sérgio Gabrielli, comemorou a extração com sucesso do primeiro óleo do campo de Tupi, no pré-sal da bacia de Santos, nesta sexta-feira.

“Começou a produção e está muito bem, fluindo como o esperado, é um óleo muito bom, de 28 graus API”, disse Gabrielli, que entregou ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva um barril contendo o primeiro óleo extraído, que marca a primeira exploração em águas ultra-profundas da região.

Lula não foi à plataforma Cidade de São Vicente para a extração, como estava previsto, por questão de segurança.

:: LEIA MAIS »

Umbú: Fruta típica do semi-árido pode desaparecer

Redução de novos casos de gripe anima o México

O México iniciou na sexta-feira a paralisação da maioria de órgãos públicos e empresas, numa tentativa de conter a disseminação da epidemia de gripe, e autoridades se disseram animadas com a redução no surgimento de novos casos.

O ministro da Saúde, José Angel Córdova, disse que os hospitais públicos, que atendem quase metade do país, receberam apenas 46 pacientes com sintomas graves da gripe na quinta-feira, bem abaixo dos 212 pacientes registrados em 20 de abril. “Isso é encorajador”, disse ele.

:: LEIA MAIS »

Políticos se dividem sobre fim da Lei de Imprensa

Maciel defende nova legislação

Políticos com histórico de defesa da liberdade de imprensa, ou que têm se dedicado ao tema, ficaram divididos quanto ao que deverá ser feito em relação ao assunto, agora que o Supremo Tribunal Federal (STF) derrubou a Lei de Imprensa.

Para o presidente da Câmara, Michel Temer (PMDB-SP), professor de direito constitucional, não é necessário criar nenhuma legislação nova, visto que a Constituição garante tanto o direito à informação quanto o sigilo da fonte e a punição por eventuais abusos. Na minha opinião, basta aplicar a Constituição, disse Temer. Não é preciso mais nada.

:: LEIA MAIS »

Visita de líder iraniano ao Brasil causa “desconforto” com Israel

O Itamaraty trava com Israel uma discreta e polida queda de braço em torno da visita do presidente iraniano, Mahmud Ahmadinejad, que virá a Brasília na próxima quarta-feira com uma comitiva de 130 integrantes — entre ministros, funcionários e empresários.

Depois de a chancelaria ter chamado o embaixador brasileiro, Pedro Motta, para manifestar seu desconforto pela decisão brasileira de receber Ahmadinejad, ontem o presidente do Parlamento enviou cartas aos presidentes da Câmara e do Senado para reforçar as objeções à aproximação do Brasil com um governante que nega o Holocausto e fala em “riscar Israel do mapa”.

:: LEIA MAIS »

Há 15 anos, na Tamburello, Ayrton Senna deixava as pistas e entrava para a história

Há exatos 15 anos, em 1º de maio de 1994, uma curva traiçoeira mudou a história do esporte. Quando a Williams de Ayrton Senna passou reto na Tamburello a mais de 300km/h, o Brasil perdeu um de seus maiores ídolos. Da batida forte no muro de proteção à notícia da morte, algumas horas depois, o país inteiro sofreu. E 15 anos não foram suficientes, nem de longe, para apagar da memória os feitos extraordinários do piloto.

:: LEIA MAIS »

Oposição quer que Jaques Wagner devolva R$ 161 mil gastos sem licitação

Heraldo Rocha é líder da Oposição

Deputados estaduais de oposição ao governador da Bahia, Jaques Wagner (PT), vão pedir na Justiça a devolução dos R$ 161,4 mil gastos sem licitação pelo governo no transporte de cerca de 1.500 sem-terra a seus municípios de origem após as manifestações do “abril vermelho”, em abril, em Salvador.

O deputado Heraldo Rocha (DEM), líder da bancada da minoria na Assembleia Legislativa, disse que irá protocolar na próxima segunda-feira uma ação popular na Justiça pedindo a anulação do ato que alugou 39 ônibus para o transporte dos agricultores e o ressarcimento do dinheiro aos cofres públicos.

“Na Bahia, se tornou uma rotina do governo fazer as coisas sem licitação”, disse o deputado. Segundo ele, o governo Jaques Wagner gastou mais de R$ 500 milhões em 2008 sem licitação. O Orçamento do Estado para este ano é de aproximadamente R$ 22 bilhões.

:: LEIA MAIS »

Supremo confirma revogação total da Lei de Imprensa

O STF (Supremo Tribunal Federal) confirmou nesta quinta-feira (30/4) a revogação completa da Lei de Imprensa. Por maioria de votos, os ministros consideraram que a Lei 5250/67, criada durante o regime militar para disciplinar a atividade jornalística, é incompatível com a Constituição de 1988.

Em um debate que levou duas sessões de julgamento, venceu a tese do relator, ministro Carlos Ayres Britto, para quem a Carta Magna garante de forma irrestrita as liberdades de manifestação do pensamento e de informação jornalística, o que dispensa e proíbe a criação de leis para tratar do tema. O placar terminou com 7 votos a 4 a favor da ação movida pelo PDT.

:: LEIA MAIS »

Estado vai abrir os arquivos da ditadura

Um decreto publicado no Diário Oficial desta sexta-feira (1º) pelo Governo do Estado, anuncia a criação de um grupo para abrir os arquivos da ditadura militar na Bahia. O grupo será comandando pela Secretaria da Justiça, Cidadania e Direitos Humanos, e terá seis meses para pesquisar e divulgar os arquivos.

O Grupo de Trabalho (GT) criado pelo Governo do Estado vai localizar e tornar acessíveis todos os acervos sobre o período da repressão política, entre os anos de 1964 e 1985.

A primeira tarefa do grupo coordenado pela Secretaria da Justiça, Cidadania e Direitos Humanos será a identificação e integração de documentos e imagens de interesse para a elaboração do projeto estadual “Memórias Reveladas das Lutas Políticas na Bahia”.

:: LEIA MAIS »



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia