junho 2009
D S T Q Q S S
« mai   jul »
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930  

:: 18/jun/2009 . 22:30

Sobe para 109 total de casos de gripe suína no Brasil

Subiu de 96 para 109 o total de infectados pelo vírus da gripe suína entre ontem e hoje, segundo boletim divulgado esta tarde pelo Ministério da Saúde. Dos 13 casos confirmados hoje, 7 foram em São Paulo, 5 em Minas Gerais e 1 no Rio de Janeiro. Nenhum deles é de transmissão ocorrida dentro do país.

Até o momento, 18 pacientes foram infectados no Brasil. Apesar disso, o ministério considera o contágio limitado. Atualmente, a transmissão é considerada sustentada somente nos EUA, México, Canadá e Austrália. Do total de doentes atendidos no Brasil, 83 têm idades entre 13 e 71 anos. Cinquenta e nove são mulheres. Trinta e nove pacientes contraíram o vírus provavelmente nos EUA e outros 37, na Argentina.

Os demais estiveram no Canadá (4), México (3), Chile (1) e Inglaterra (1). Quatro pessoas relataram que visitaram diversos países e uma quinta ainda está sendo investigada para descobrir o provável local de infecção.
UOL

Bahia é área livre de doenças dos citros

A Bahia, segundo produtor nacional de citros do país e primeiro do Nordeste, já pode comercializar com outros estados frutos e mudas desta cultura. O estado foi declarado área livre da Pinta Preta, Cancro Cítrico, Mosca Negra dos Citros, Morte Súbita e Greening, doenças que acometem os citros, pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa).

Esse novo status vai aquecer a economia nas regiões produtoras, a exemplo dos municípios de Rio Real, Inhambupe, Itapicuru, Cruz das Almas, Barreiras, São Desidério, Itaberaba, Prado, Caravelas e Juazeiro, gerando mais de 35 mil empregos diretos e 65 mil indiretos.

A declaração do Ministério de Agricultura será feita nesta sexta-feira (19), às 11 horas, no auditório da Câmara Municipal de Rio Real, pelo diretor de Sanidade Vegetal do Mapa, Geraldo Baldini. O ministério considerou a relevante produção de citros no estado, principalmente na região do Litoral Norte, e o rigoroso trabalho de defesa fitossanitária realizado pela Secretaria da Agricultura Irrigação e Reforma Agrária (Seagri), por meio da Agência de Defesa Agropecuária da Bahia (Adab).

:: LEIA MAIS »

Mendes diz que STF poderá se manifestar sobre exigência de diploma em outras profissões

O presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), Gilmar Mendes, disse hoje que a Suprema Corte pode ter que se manifestar sobre a exigência do diploma para o exercício de outras profissões além da de jornalista. Mendes afirmou que a Constituição é clara ao estabelecer que o Estado só pode regular atividades profissionais que exijam saber científico.

Segundo técnicos do STF, não consta nas ações da Corte nenhum outro recurso questionando a obrigatoriedade do diploma. “Nós vamos certamente ter outras discussões no que diz respeito à liberdade de profissão. Nós temos essa tradição corporativa de muitos anos. Nós temos muitas leis que certamente não vão se enquadrar nos paradigmas estabelecidos na decisão de ontem”, disse.

O plenário do STF decidiu ontem, por 8 votos a 1, que a obrigatoriedade do diploma para jornalista era inconstitucional. Os ministros do STF aceitaram o recurso interposto pelo Sertesp (Sindicato das Empresas de Rádio e Televisão no Estado de São Paulo) e Ministério Público Federal contra a obrigatoriedade do diploma. Para o STF, a profissão de jornalista não exige nenhum saber específico.

:: LEIA MAIS »

Sede do MDC já está aberta ao público

Repórter Diêgo Gomes
Às 18:30

cerimônia inauguração MDCO Movimento das Donas de Casa e Consumidores (MDC) de Vitória da Conquista inaugurou sua sede na noite de quarta-feira(17), localizada na rua Coronel Gugé, 198, centro. Diversas autoridades e representantes de bairros estavam no local e conheceram às dependecias da sede.

Segundo o MDC, a partir do próximo semestre dois cursos de culinária serão disponibilizados para a população carente da cidade. O primeiro será um curso de culinária para donas do lar, com duração de 50 horas. Já o outro, também de culinária e com a mesma carga horária, será para os interessados em fazer doces e salgados.

Para os interessados em se aprimorar ou memso aprender a trabalhar em salão de beleza, também será oferecido um curso específico. Todos com inscrições gratuitas.

Malária está se tornando resistente a drogas, adverte OMS

Cientistas internacionais e a Organização Mundial da Saúde (OMS) dizem ter encontrado evidências de que o parasita causador da malária está se tornando resistente às drogas consideradas hoje mais eficientes contra a doença.

Segundo eles, essa resistência, verificada no oeste do Camboja, precisa ser contida urgentemente para evitar uma catástrofe global. As drogas à base de artemesinina são as mais utilizadas no mundo contra a forma mais comum e mortífera da malária. Normalmente, esses medicamentos são capazes de eliminar os parasitas da malária do sangue da pessoa infectada num prazo de dois a três dias.

Mas agora dois grupos de cientistas, trabalhando em pesquisas separadas, dizem ter encontrado evidências de que a eliminação dos parasitas estaria levando entre quatro e cinco dias entre pacientes do oeste do Camboja.

:: LEIA MAIS »

Opinião: “Sobre a extinção da exigência do diploma em Jornalismo”

Rogério Castro*

Os demiurgos do STF decidiram cassar a exigência do diploma para o exercício profissional do jornalista. A primeira consideração a ser feita é quanto ao poder – no sentido de estar em condições de proceder tal julgamento – que os juízes dessa Corte – onipotentes da verdade – têm para decretar uma sentença desta. Em primeiro lugar, com qual base substancial – a não ser a do olhar imediatista do senso comum – esta argumentação está sustentada? Segundo eles, a qualificação técnica não é “requisito suficiente” a se exigir uma formação superior, além do que ser esta uma barreira – quase que automática – que interdita a liberdade de expressão. Ainda segundo essa visão unilateral, o arcabouço jurídico que instituiu o conjunto dessas regras se deu no período do governo militar.

O importante a se destacar nessas curtas linhas será suficiente para aniquilar essas interpretações reducionistas e equivocadas a respeito do ofício do jornalista. Como se quer fazer erradamente crer, a não ser para os manuais de redação (de o Globo, Folha, Estadão), inspirados nos padrões jornalísticos importados dos EUA, que em conformidade com este pensamento, pelo viés reducionista de encarar o jornalismo, inspira atitudes como esta, não é o jornalismo um conjunto esquemático, rígido de regras e normas, que assimilado mecanicamente irá encontrar correspondência com a realidade. A qualidade da informação, entendida em sentido transcendente a técnica, mas sem desprezá-la, depende de conhecimento profundo da realidade – objeto de análise do jornalista. Não se trata de formação, em sentido vago, se trata sim de formação em sentido lato.

:: LEIA MAIS »

Especial de São João: Edgar Mão Branca

Repórter Diêgo Gomes
Às 14:30

O cantor Edigar Evangelista dos Anjos, popularmente conhecido como Edgar Mão Branca, nasceu no Lodo das Jegas, em Macarani. Desde menino gostava da música. Aos 14 anos, já em Itapetinga, participou de um concurso, ganhou e não parou mais de cantar.

Como era locutor de uma rádio em sua cidade e cantor resolveu gravar um disco. A partir de então, músicas de Dominguinhos, Jackson do Pandeiro e Luiz Gonzaga sempre fazem parte de seu repertório. Após a discussão no plenário da Câmara dos Deputados, Mão Branca compôs a música “Deixe meu Chapéu”.

:: LEIA MAIS »

Estreia dia 7, na Globo, série com direção de Meirelles

Depois de usar mão pesada em “Ensaio Sobre A Cegueira”, seu último longa-metragem, Fernando Meirelles estreia sua minissérie “Som & Fúria”, na Globo, no dia 7. O diretor disse que se trata de uma série simples, sem parafernália. Meirelles quer que o telespectador se esqueça de que há um diretor por trás das câmeras. “Som & Fúria” não tem um, mas cinco diretores.

Meirelles, que fez adaptação da série original, a canadense “Slings & Arrows”, divide a direção dos 11 episódios com Toniko Melo, Gisela Barroco, Fabrizia Pinto e Rodrigo Meirelles, da O2 Filmes.

:: LEIA MAIS »

Empréstimos bancários financiam compra de Kaká pelo Real Madrid

O presidente do Real Madrid, Florentino Perez, conseguiu empréstimos de cerca de 150 milhões de euros em dois bancos espanhóis para montar um time de jogadores consagrados, como o meia Kaká, que veio do Milan por 65 milhões de euros.

Segundo informou hoje o jornal El Mundo, o Banco Santander e a Cajá Madrid, a caixa econômica da capital espanhola, emprestaram o dinheiro para Perez comprar “ativos não materiais”, ou seja, jogadores de futebol.

:: LEIA MAIS »

Roteiro São João: Amargosa

Repórter Poliana Bomfim
Às 11:30

Conhecida por ser uma cidade com forte São João, Amargosa, localizada no Recôncavo, tem atraído milhares de turistas todos os anos. Com aproximadamente 33 mil habitantes, o município está distante de Salvador por 235 km.

Este ano, os festejos começam na cidade nesta sexta-feira, 19, com as seguintes atrações: Flávio José, João Sereno e Megaxote. No sábado (20), Cavaleiros do Forró, Garota Safada e Banda Apimentada fazem a festa. Já no domingo, dia 21, as atrações são Gerson Orrico, Juan e Ravena e Cangaia de Jegue. No dia 22, Estakazero e Forrozão Dukarai, na terça-feira (23), Calcinha Preta, Flor Serena e Paixão Cigana. No dia do São João, quem faz a festa é Santana, Arreio de Ouro e Celo Costa.

Mas, quem quer curtir as festas de camisa, há o “Forró do Piu Piu” no dia 20, que traz Aviões do Forró, Jorge e Matheus, Asa de Águia e Alexandre Peixe. No dia 23, as atrações são Cláudia Leitte, Victor e Leo, Cangaia de Jegue e Tio Barnabé. Quem prefere curtir pagode na época junina pode conferir o “Amargosa Light” no dia 21/06 (Domingo) Fantasmão, Leva Noiz e Só na Paquera. Já no dia 22, tem Harmonia do Samba, Parangolé e Voltativa.

Escolha seu destino e boa viagem!

Opinião: Liberdade de imprensa constrangida

Carlos Alberto Di Franco

Petrobrás, uma empresa de referência, está sob fogo cruzado. Noticiário de supostos desvios de verbas em contratos superfaturados e de generosa transferência de recursos às ONGs ligadas ao petismo rendeu chamadas de capa e deu manchetes de jornal. Nada de mais. Trata-se de fato comum em qualquer democracia. E ninguém rasga as vestes.

Compete à imprensa investigar eventuais irregularidades e iluminá-las com os holofotes da informação. E cabe à empresa, em respeito aos seus acionistas e à sociedade, prestar os esclarecimentos oportunos. Sempre foi assim. E sempre será. O relacionamento entre mídia e poder implica um certo grau de tensão. Felizmente.

O próprio presidente da República, embora manifeste algum desconforto pontual com o trabalho da imprensa, jamais questionou a importância do jornalismo e de seu papel investigativo.

:: LEIA MAIS »



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia