junho 2009
D S T Q Q S S
« mai   jul »
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930  


Deputado diz que é vítima da Record; emissora nega

O deputado federal Edson Duarte (PV-BA) afirmou nesta terça-feira (30/6) que está sendo intimidado pela TV Record em razão de um projeto de lei apresentado por ele em 2008. Segundo a proposta, as emissoras que venderem seus horários da grade de programação para terceiros serão obrigadas a repassarem parte do valor recebido para os cofres públicos.

Segundo Duarte, como as emissoras de TV são concessões públicas, não é justo que elas vendam os horários –que recebem gratuitamente– sem repassar nenhum centavo para a União. Segundo o deputado, ao invés de a Record tentar tentar derrubar seu projeto usando os parlamentares que são seus liados, a emissora estaria tentando intimidá-lo. Primeiro, segundo ele, diretor da rede deu plantão durante mais de uma semana em seu gabinete tentando convencê-lo a retirar o projeto.

Em seguida, o deputado Bispo Márcio Marinho (PR) recomendou que ele retirasse o projeto, “porque não seria bom pegar uma briga com a Record”.

Como resistiu às duas tentativas, Edson Duarte diz que foi surpreendido na sexta-feira durante o programa de Raimundo Varela, na TV Itapoan. Na ocasião, ele teria sido apontado como “farrista do dinheiro público”. Duarte alega que realmente foi citado como um dos deputados que usaram a cota de passagens aéreas para viagens, mas como já deu explicações sobre isto e não houve nenhum fato novo que justificasse a matéria do programa, o parlamentar acha que foi a terceira tentativa de intimidação que sofreu.

“Acho lamentável que uma emissora de TV use o seu poder como veículo de comunicação para intimidar um deputado”, afirmou Duarte, ao dizer que vai levar o assunto à Mesa Diretora da Câmara e consultar advogados porque ele não pretende retirar o projeto.

Outro lado
A assessoria da Record negou à reportagem que esteja intimidando o parlamentar. De acordo com ela, “relacionar a citação de Duarte na TV a eventuais projetos do deputado é uma ilação do próprio parlamentar que fere a liberdade de expressão. Ele quer se defender de uma acusação que não é da Record”, afirmou a assessoria.

A emissora também nega as ameaças do Bispo Márcio Marinho e diz que nenhum de seus diretores deu plantão no gabinete do parlamentar.
CorreioBraziliense

1 resposta para “Deputado diz que é vítima da Record; emissora nega”

  • paulo cesar de almeida disse:

    e uma pena que a emissora fica descutindo com outra emissora por motivo de audiencia.fica muito feio para clobo. descutir obra de Deus na tv
    vamos manerar um pouco com os pubrico.a desputa de audiencia nao vai levar a nada para nenhum dos dois lado. brigar com a recor e perda de tempo.motivo os clistao sao muitos e vcs so tem a peder por muito pouco
    fico triste eu paulo morador de ubatuba litoral norte.por
    tanta calunia por audiencia.Jesus nao merese isso ele ja veio na terra e taram a tua vida.cem dar chanse para meu senhor Jesus.lembre o que vcs fas aqui vao par caro. e so esperar. eu sabia que um dia isso ia acomtecer.a 29 anos eu vi uma emissora evamgelica que ia nasser para
    tormentar.muitas uotras emissoras.agora e tarde vamos unir todas no nome do senhor. Deus tenha piedades de vcs.Paulo -cel-91681860

Deixe seu comentário



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia