Os servidores da Justiça Federal, entram hoje no sexto dia da geve. São 5 mil funcionários de braços cruzados na Bahia. Estão parados os processos trabalhistas e as causas judiciais que envolvem órgãos da União, como o INSS.

No Tribunal Regional Eleitoral, estão suspensos serviços como o de transferência do título de eleitor. Os servidores do Judiciário querem que o projeto de cargos e salários da categoria seja logo enviado ao Congresso. Eles querem ainda a equiparação salarial com carreias do executivo. Nesta terça-feira (24) haverá nova assembléia.

Os servidores da Superintendência Regional de Trabalho e Emprego também continuam em greve há 19 dias. Eles pedem a implantação de um plano de carreiras, além da realização de concurso público.

Quem precisa dar entrada no seguro-desemprego pode recorrer às agências da Caixa Econômica Federal. Já a carteira de trabalho pode ser feita nos postos do SAC. Mas o documento só poderá ser entregue depois do fim da greve.
iBahia