O menino de 11 meses que amputou a perna após uma suposta picada de aranha tem na verdade uma fasceíte necrosante, doença que causa infecção na pele, na camada de gordura e nos músculos. O diagnóstico da doença de Igor Nascimento de Oliveira foi descoberto pelos médicos do Instituto da Criança do Hospital das Clínicas.

Igor está internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do hospital desde o dia 18 de março deste ano. Segundo boletim médico divulgado na quarta-feira (14), o menino se encontra sedado, respirando por aparelhos e, apesar da gravidade da infecção, seu estado é considerado estável. A necrose parou de evoluir.
Correio*