Depois de ser proibido em Israel, o iPad foi banido dentro dos próprios Estados Unidos, em duas das principais universidades do país. De acordo com o site do “The Wall Street Journal”, a George Washington University e a Princeton University proibiram o uso do aparelho em seus campi.

Ambas as instituições tiveram problemas com o alto consumo de banda dos gadgets, causando instabilidade nas redes. Na George Washington, também houve incompatibilidade do sistema de Wi-Fi.

As instituições disseram que estão trabalhando para resolver os problemas. Segundo o jornal, a Cornell University também estaria verificando a situação de sua rede e estudando banir o uso do aparelho.

Na semana passada, o governo de Israel anunciou que é proibida a entrada do tablet da Apple, alegando uma possível incompatibilidade do sistema de Wi-Fi do aparelho com o utilizado no país.
Por enquanto, o tablet da Apple só é vendido nos Estados Unidos. O lançamento mundial do aparelho foi adiado pela companhia em função da grande demanda no mercado americano.
G1