Os servidores da Justiça Federal na Bahia interrompem as atividades por 48 horas a partir desta terça-feira, 27. Eles querem pressionar o governo a aprovar o Projeto de Lei 6613/09, que estabelece o Plano de Cargos e Salários da categoria e será apreciado nesta terça na Câmara Federal, em Brasília.

A paralisação atinge o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) e Tribunal Regional do Trabalho (TRT). Os processos trabalhistas do Judiciário Federal da Bahia ficam parados durante o movimento e não serão emitidos títulos de eleitor. Também não haverá atendimento nos cartórios eleitorais. Os servidores aproveitam a suspensão do trabalho para protestar contra a aprovação da PLP 549/09, que prevê o congelamento salarial da categoria por dez anos.
ATarde