Acabou o drama. Desde a segunda-feira detido na Polinter, o atacante do Vitória Junior, acusado de falsificar documentos que alteravam sua idade,foi solto esta noite e está liberado para enfrentar o Vasco da Gama pela fase de quartas-de-final da Copa do Brasil.

O advogado . Domingos Arjones Neto viajou até São Paulo, onde o mandato de prisão preventiva foi outorgado, na 4ª Vara Federal de Guarulhos, e garantiu o alvará de soltura do atleta. Realizados os procedimentos legais, o alvará foi enviado via fax para a Polinter, em Salvador, e Junior foi liberado.

O atacante embarca nesta quarta-feira pela manhã para o Rio de Janeiro, onde se juntará ao restante da delegação rubro-negra para o jogo contra o Vasco, às 19h30, em São Januário.
JornaldaMídia