O Brasil começa nesta terça-feira uma ‘nova fase’ dentro da Copa do Mundo, com sessões de treinamento menos intensas e com mais viagens pela África do Sul. A seleção terá também que abandonar a ‘base’ que montou em um hotel no norte de Johanesburgo, que foi fundamental para o trabalho de recuperação dos jogadores para a Copa.

Após a vitória contra o Chile, o técnico Dunga disse que daqui para frente a prioridade dos treinamentos do Brasil será recuperar os jogadores da exaustão e das lesões dos jogos, em vez de preocupações com tática e esquemas.

“Cada dia que passa agora, o treinamento é cada vez menor. Treinamento agora é para recuperar os jogadores”, disse Dunga. “Assim que acabou o jogo já temos que nos preocupar para eles não ficarem muito tempo de pé. Eles precisam se alimentar, chegar o mais rápido possível no hotel, não ficar muito no computador, tentar se recuperar, dormir.”

“O bom dos jogadores de futebol do Brasil é que eles gostam de treinar e de jogar. Agora é o momento em que estamos freando os jogadores e essa empolgação para (eles usarem durante) o jogo.”
BBCBrasil