O DEM aprovou na tarde de hoje em sua convenção nacional a aliança com o PSDB e a indicação do deputado Índio da Costa (RJ) como vice na chapa do tucano José Serra na disputa pela Presidência da República.

Em discurso com menos de cinco minutos de duração, ele agradeceu aos caciques do partido como o ex-prefeito do Rio de Janeiro Cesar Maia e o ex-presidente de honra da sigla Jorge Bornhausen (SC).

O deputado afirmou também que ficou surpreso com a escolha do seu nome. “Para mim também foi (surpresa)”, disse. Em seguida, passou a fazer agradecimento.

“Em primeiro lugar, gostaria de agradecer ao ex-prefeito Cesar Maia, que me lançou na política, e ao presidente Rodrigo Maia que me recebeu em Brasília”, afirmou Indio da Costa.

O terceiro citado pelo novo vice de Serra foi Bornhausen. “Nosso eterno presidente. Um homem que tem a visão de futuro”, afirmou Índio da Costa. O deputado também elogiou o deputado federal ACM Neto (DEM-BA) e o senador José Agripino (DEM-RN).
IG