Morreu na madrugada desta terça-feira (15) o músico ilheense Saul Barbosa, de 57 anos. Ele sofria de insuficiência renal e estava internado há meses no hospital Espanhol, em coma induzido. Saul terá seu corpo cremado às 10h desta quinta-feira (16) na sala D do cemitério Jardim da Saudade, bairro de Brotas. Saul Barbosa foi um dos maiores compositores baianos e deixa uma filha de 38 anos.

Saul teve mais de 30 anos de carreira e, só em parceria com Gerônimo, fez mais de 200 composições. Entres os sucessos está a música “Acaba quando começa”, gravada por Elba Ramalho e “Toté de Maiangá”, sucesso na voz de Margareth Menezes.
Correio*