O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) aprovou nesta quarta-feira (22) verbas para três estádios da Copa 2014, incluindo a Nova Arena Fonte Nova. Além da Bahia, os outros estados beneficiados são o Mato Grosso e o Ceará.

A Bahia receberá financiamento de R$ 323,6 milhões para a reconstrução da Fonte Nova. O novo estádio terá capacidade para receber 50,2 mil torcedores, o que, segundo o Lancepress, o habilita a receber partidas até as quartas-de-final.

Na reconstrução, o estádio seguirá critérios de sustentabilidade ambiental, fazendo a gestão de resíduos, racionalizando o uso da água e do aquecimento solar. Este valor liberado pelo BNDES representa 54% do total do investimento necessário para a construção da arena.

Para o Mato Grosso, foram liberados R$ 393 milhões para obras no estádio e em seu entorno. Este repasse equivale a 75% do valor da obra. O estádio em Cuiabá terá arquibancadas modulares, com capacidade para receber 42 mil pessoas durante a Copa – posteriormente, o número será reduzido para 27 mil.

Em Fortaleza, o valor conseguido foi de R$ 351 milhões, cerca de 75% do necessário para o novo Castelão. O estádio abrigará 66,5 mil pessoas e, no momento, é o único no Nordeste com capacidade para receber a abertura e a final da Copa do Brasil. Salvador apresentou um projeto para receber a abertura, propondo-se a aumentar a capacidade acrescentando assentos temporários.
Correio*