A aposentada Sebastiana Pinheiro da Silva, 65, morreu depois de passar 12 horas dentro de uma ambulância, procurando por uma vaga em hospital, no Rio de Janeiro. Ela sofria de obesidade mórbida –pesava 300 kg–, diabetes e outros problemas de saúde.

Sebastiana começou a passar mal na noite de quinta-feira e ficou aguardando atendimento no interior da ambulância, em Tanguá (região metropolitana), aparentando sinais de hemorragia. Somente após as 12 horas ela conseguiu ser internada no Hospital Azevedo Lima, em Niterói.

A Secretaria Estadual de Saúde do Estado informou que a aposentada teve um choque cardiogênico devido a uma insuficiência cardíaca e hemorragia digestiva.

As Secretarias de Saúde e Assistência Social de Tanguá se ofereceram para ajudar a família a realizar o enterro, neste domingo. A prefeitura da cidade cedeu duas covas e uma urna especial.
Folha