Será realizada nesta quarta-feira (20), às 16h, na Praça Nove de Novembro, uma mobilização de estudantes de Direito das universidades públicas estaduais da Bahia (UESB, UEFS, UESC e UNEB) para “tornar pública a situação calamitante dos cursos de bacharelado em Direito”

Segundo Lincoln Claret, coordenador do Centro Acadêmico Ruy Medeiros, a mobilização foi definida em assembléia. Na manifestação haverá aula de docentes que apóiam a decisão dos alunos e panfletagem com uma nota pública para a sociedade.

Ainda de acordo Lincoln Claret, “o principal objetivo da mobilização, além de demonstrar a sociedade baiana a real situação dos cursos, é chamar a atenção do governo do Estado da Bahia para a situação das universidades estaduais e seus respectivos cursos de Direito”.

Leia a Carta aberta das Estaduais Baianas

Falta de professor, ausência ou falta de qualidade daqueles que existem, livros totalmente desatualizados e em pouquíssima quantidade, estudantes sem sala de aula para participar das poucas aulas que acontecem, falta de incentivo para pesquisa e extensão no curso, corte nos orçamentos… Por trás da propaganda que se faz acerca dos bons resultados dos cursos, esse é o retrato dos cursos de Direito das Universidades Estaduais da Bahia!

Os problemas, que vão além desses citados, viraram a realidade para todos nós estudantes de direito! Só na UEFS, eram 13 disciplinas sem professor para dar aula! (aqui era bom cada universidade destacar o maior problema enfrentado para colocar!)

Por isso a UEFS, UNEB, UESC e UESB estão juntas em luta para exigir que esses problemas tão antigos e cotidianos sejam solucionados! Não podemos deixar que a Universidade Pública, que o nosso curso de Direito sejam esquecidos pelo Governo do Estado e pelas reitorias!

Não vamos nos acomodar diante do descaso com o nosso curso! Chega de propaganda! Queremos um curso de qualidade! Para isso exigimos:
– Ampliação de quadro de Professores para as Estaduais Baianas, através de Concursos Públicos;
– Mais salas de aula, construção de prédio de aulas para a UNEB, mais livros nas bibliotecas;
– Melhores condições e incentivos à pesquisa e extensão;
– Avaliação dos professores, com participação dos estudantes;
– Formação pedagógica dos professores do curso de Direito: queremos professores de verdade!;
– Ampliação e criação de Restaurantes Universitários a preço popular para garantir condições de permanência dos estudantes;
– Mais verbas para as Estaduais Baianas! Contra os cortes no orçamento

NADA É IMPOSSÍVEL DE MUDAR! ESTAMOS EM LUTA!

Mobilização dos cursos de Direito das Estaduais Baianas

Diretório Acadêmico de Direito da UEFS, UNEB, UESC e UESB.