A Bahia é o estado que mais registrou ocorrências relacionadas a boca de urna até o momento. Foram contabilizados 13 casos, sendo cinco com prisão, de acordo com o Tribunal Regional Eleitoral (TRE-BA). A assessoria do órgão informou que os casos aconteceram no interior do estado, mas que ainda não há dados sobre as cidades, o nome dos detidos e as circunstâncias das prisões.

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) registrou 17 ocorrências com prisão e 21 sem pessoas detidas em todo Brasil. Foram substituídas 84 urnas até as 11h30 na Bahia, sendo oito em Salvador. Em todo Brasil foram 686 urnas quebradas até as 10h30.
ATarde