A RBR cumpriu sua primeira missão nesta edição do Mundial de Fórmula 1. Com a vitória do alemão Sebastian Vettel e a segunda posição do australiano Mark Webber no GP do Brasil, disputado na tarde deste domingo, em Interlagos, o time austríaco levou ao primeiro título do Mundial de Construtores da categoria. Na classificação geral, a equipe do empresário Dietrich Mateschitz levanta o caneco em São Paulo com 469 pontos, 48 a mais que a McLaren, segunda colocada.

Não há chances de a RBR ser ultrapassada por um rival, pois o primeiro colocado leva 25 pontos na prova, enquanto o segundo fica com 18 – a McLaren tem 421 pontos e a Ferrari somou até agora 389.

Depois da prova, os membros da RBR celebraram muito a conquista. Na festa, ainda dentro dos boxes do autódromo paulistano, mecânicos e engenheiros cantavam “We are the champions” (Nós somos os campeões), da banda inglesa Queen. Na comemoração, eles também usavam chapéus com cabeças de touros, marca do time.

Além do título entre as equipes, a marca austríaca ainda pode ver um de seus pilotos se tornar campeão mundial. O campeonato de pilotos é liderado pelo espanhol Fernando Alonso, da Ferrari, com 246 pontos, seguido de Webber, com 238. Vettel vem na terceira posição, com 231, enquanto o inglês Lewis Hamilton, da McLaren, tem poucas chances de levantar a taça por ter somado 222 pontos.

A decisão do Mundial de Pilotos ocorrerá na corrida do próximo domingo, em Abu Dhabi, nos Emirados Árabes, sede da final do campeonato.
GloboEsporte