Por Diêgo Gomes

Representantes dos 12 times da elite do futebol baiano se reuniram em Salvador para referendar a fórmula de disputa do Campeonato Baiano de 2011, haja vista que as competições esportivas precisam ser disputadas com a mesma fórmula por pelo menos dois anos.

Assim como aconteceu em 2010, os clubes serão divididos em dois grupos de seis, que se enfrentam entre si em partidas de ida e volta, classificando quatro para as quartas de finais e os dois últimos para disputar o grupo do rebaixamento.

Pelo menos três presidentes de clubes do interior se mostraram contrariados com a disputa divulgada pela Federação Bahiana de Futebol: Ederlane Amorim (Vitória da Conquista), Fernando Lopes (Camaçari) e Zé Maria (Colo-Colo).

Em entrevista ao Galáticos Online, Ederlane Amorim afirmou que “o Vitória da Conquista entende que a fórmula dos pontos corridos seria mais benéfica. Em 2008 disputamos assim e quase fomos campeões e na última rodada chegamos com o Itabuna podendo ser campeão. Espero que para o próximo ano ela possa ser revista”.