A partida entre Vitória e Guarani neste domingo, 14, no estádio Brinco de Ouro, em Campinas, às 16h (horário do estado da Bahia) é encarada pelas duas equipes com uma decisão, em um jogo que pode definir a permanência ou não de ambos na elite do Brasileiro, a quatro rodadas do fim da competição. O portal A TARDE ONLINE acompanha osm principais lances da partida em tempo real.

Atualmente na 14ª posição com 38 pontos, o Vitória não tem escalação confirmada. O técnico Antônio Lopes fez mistério na partida classificada por ele como “nossa final do Brasileirão”. As principais dúvidas são na lateral esquerda. Jonas, que já atuou deslocado no setor, é o mais cotado para entrar. Egídio, jogador da posição, não vem agradando e pode ficar no banco de reservas. A outra incerteza é no ataque: Adaílton não foi bem nos treinos preparativos para a partida e pode ceder seu lugar para Elkeson.

Em situação mais crítica está o Bugre, que entrou na última rodada na zona de rebaixamento, ocupando a 17ª posição, com 36 pontos. Sem vencer há nove rodadas (três empates e seis derrotas) e com salários dos atletas em atraso (apenas na última sexta-feira foi pago o mês de setembro), o clima não poderia ser pior para o técnico Vágner Mancini.

O principal desfalque do Guarani será o volante Baiano, que está suspenso. Mas Mancini terá três reforços em relação ao último jogo, quando perdeu para o Palmeiras por 1 a 0: os retornos do lateral-esquerdo Márcio e do volante Maycon, que estavam suspenso, além do atacante Mazola, que era dúvida devido a dores musculares.

GUARANI X VITÓRIA
Local: Estádio Brinco de Ouro, em Campinas (SP)
Data: 14/11/2010 (domingo)
Horário: 16h (horário do estado da Bahia)
Árbitro: Evandro Rogério Roman (Fifa/PR)
Auxiliares: Gilson Bento Coutinho e Bruno Boschilia (PR)
Guarani: Emerson; Apodi, Aislan, Ailson e Márcio Careca; Maycon, Paulo Roberto, Preto e Barboza; Mazola e Douglas. Técnico: Vágner Mancini
Vitória: Viáfara; Nino Paraíba, Gabriel Paulista, Thiago Martinelli e Jonas (Egídio); Uelington, Neto Coruja, Bida e Ramon; Júnior e Adaílton (Elkeson). Técnico: Antônio Lopes.
ATarde