Nesta segunda-feira (15), Arlene Silva de Jesus, 27 anos, moradora de Iguaí, sudoeste da bahia, sofreu uma tentativa de homicídio. O motivo que acarretou a agressão teria sido o incomodo que o cachorro criado por Arlene, causava em seu vizinho conhecido como Maquinário, que estava inconformado com os latidos do animal.

A discussão em relação ao barulho feito pelo cão, já vinha acontecendo há algum tempo e nesta tarde chegou ao extremo quando João, muito nervoso, sacou uma arma e disparou por duas vezes em Arlene. Ela levou dois tiros nas costas, e foi conduzida para o Hospital de Base Luís Eduardo Magalhães em Itabuna. O acusado ainda não foi localizado pela Polícia.
ItapetingaRepórter