De janeiro a outubro deste ano, a Bahia gerou mais de 98 mil empregos com carteira assinada, segundo o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgado ontem. O número é 6,83% maior do que o ano passado e se mostra como o melhor desempenho da Região Nordeste. Em termos absolutos e relativos, esse resultado é o melhor de toda a série histórica do Caged para o período.

De acordo com levantamento, em outubro foram criados 7.059 empregos, equivalente à elevação de 0,46% em relação ao número de pessoas assalariadas com carteira assinada do mês anterior.

A Região Metropolitana de Salvador (RMS) obteve recorde para o mês com geração de 5.277 empregos formais, um crescimento de 0,66%. No acumulado, a RMS também apresentou recorde, com 50.794 empregos formais.

No país, cerca de 205 mil empregos foram criados em outubro. O país acumula 2,406 milhões de vagas formais, um recorde histórico para os dez primeiros meses do ano.
Correio*