Em jogo bem disputado, o Vitória não conseguiu quebrar o jejum de 14 anos sem vencer o Corinthians pelo Campeonato Brasileiro e empatou com o time paulista em 1 a 1 neste domingo, 21, no Barradão, em jogo válido pela 36ª rodada da Série A do Brasileirão e disputado sob forte calor. Danilo abriu o placar para o Corinthians e Viáfara empatou de pênalti para o Leão.

Com o resultado, o Vitória somou um ponto e chegou aos 40, mantendo-se provisoriamente na 16ª colocação na tabela da Série A. O time baiano ainda pode entrar na zona de rebaixamento caso o Avaí, atual 17º, vença o jogo contra o Atlético Goianiense logo mais, às 19h30 (18h30 na Bahia), no estádio Ressacada, em Santa Catarina. Se vencer, o time catarinense chega a dez vitórias e alcança 40 pontos, igualando a pontuação do rubro-negro baiano mas ultrapassando-o em número de vitórias, – dez contra nove do Leão – primeiro critério de desempate.

Com o empate, o Corinthians perdeu a liderança para o Fluminense, que venceu o São Paulo na casa do adversário por 4 a 1, chegando aos 65 pontos, um a mais que o Corinthians.

O próximo jogo do Vitória será fora de casa, contra o Internacional, no próximo domingo, 28, às 17h (16h na Bahia) no estádio Beira Rio. Já o Corinthians pega o Vasco no Pacaembu, no mesmo dia e horário.
Jogo – A partida começou debaixo de um forte sol no estádio Manoel Barradas. Mesmo com o calor, o Vitória mostrou que estava disposto a impor uma marcação intensa sobre o Corinthians e marcava desde a saída de bola do adversário. O alvi-negro paulista não se intimidou com a marcação cerrada e rodava a bola com inteligencia na intermediária até achar uma brecha na defesa do Leão.

Foi assim que surgiu a primeira chance de gol da partida. Aos 15 minutos, após o time paulista trabalhar bastante a bola, Ronaldo deu ótimo passe para Jorge Henrique que, frente a frente com Viáfara, finalizou em cima do goleiro rubro-negro, desperdiçando uma ótima chance para abrir o placar. Cinco minutos depois surgiu o gol do Corinthians.

Aos 20 minutos, novamente ele, o Fenômeno, deu enfiada de bola certeira para Danilo, entre dois marcadores do Leão. O meio-campista de origem, mas que estava escalado no ataque, avançou pela direita e chutou na saída de Viáfara, rasteiro, anotando o primeiro gol da partida. Corinthians 1 a 0.

Aos 26 minutos, Ronaldo caiu no gramado sentindo dor na parte posterior da coxa direita. O atacante, que havia feito a assistência para o gol de Danilo, teve de ser substituído por Iarley.

Com o gol, o Leão teve de sair mais para o ataque, mas o Corinthians era mais cerebral, gastando tempo tocando a bola em busca da melhor forma de chegar ao ataque. O Leão tinha dificuldades para chegar com perigo à meta paulista.

Aos 41, o time baiano conseguiu um pênalti. O juiz marcou mão de Ralf dentro da área corintiana após cruzamento de Egídio da esquerda para Ramon. A equipe baiana queria o cartão amarelo e consequente expulsão de Ralf, pois ele já havia recebido um amarelo aos 24 minutos, mas o juiz não o expulsou. Viáfara cobrou forte, quase no meio do gol, e empatou para o Leão. Vitória 1, Corinthians 1.

Após o empate, os dois times administraram o jogo até o fim do primeiro tempo.

Os dois times entraram com todo o gás para o segundo tempo. Mais calmo após o empate, o Leão começou a sair mais para o ataque, principalmente com Elkeson, Nino Paraíba e Adailton. Aos 14 minutos, Antônio Lopes resolveu trocar Elkeson por Henrique. O time ganhou mais velocidade. O Vitória teve três boas chances para vencer o jogo, em lances de Elkeson, Adailton e Henrique. O Corintihians, por sua vez, teve duas excelentes oportunidades desperdiçadas por Danilo, mas o jogo acabou mesmo no empate.
ATarde