A Anatel aplicou multa de R$ 1.036.225,95 à TIM pela violação do sigilo telefônico do deputado federal Geddel Vieira Lima (PMDB) sem autorização judicial, em 2002. A decisão foi publicada hoje no “Diário Oficial” da União.

O despacho da Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) acusa a operadora a manter um sistema “frágil” para impedir a violação do sigilo. Para a agência, ficou comprovada a participação da subsidiária Maxitel no crime. Até hoje, ainda segundo a agência, a TIM não prestou esclarecimentos sobre o caso. Cerca de 200 números de telefone haviam sido monitorados ilegalmente.
Folha