Por Poliana Bomfim

Na quarta-feira, 30, os professores da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb) irão paralisar as atividades acadêmicas para acompanhar mais uma Mesa Setorial, em Salvador.

Este é segundo encontro dos docentes, sendo que no primeiro o governo apresentou o cronograma de incorporação da Condição Especial de Trabalho (CET), uma gratificação paga aos servidores estaduais, mas que ainda não está afixada na carreira.

O governo quer que o índice seja de 10% para 2011, mas os professores querem 45% na primeira parcela.

A terceira reunião deve acontecer no dia 10 de dezembro, quando se pretende estabelecer o acordo final.

Leia também:
Paralisação de professores das universidades estaduais força governo do Estado a negociar