A Bahia é o estado brasileiro que mais captou recursos junto ao governo federal, totalizando R$1,056 bilhões do Programa de Aceleração do Crescimento II, nos eixos “Cidade Melhor” e “Comunidade Cidadã”, dos quais R$ 422 milhões serão executados pelo governo.

A verba será destinada para projetos habitacionais e obras de saneamento integrado em áreas de baixa renda, ligadas ao programa Minha Casa Minha Vida. A seleção contemplou o estado e prefeituras com obras e projetos habitacionais de urbanização, abastecimento de água, esgotamento sanitária, contenção de encostas e outros.

A escolha, realizada pelo Ministério das Cidades, foi formalizada nesta segunda-feira (6) pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva. O governados Jaques Wagner foi representado pela secretária da Casa Civil, Eva Chiavon, na reuniõ do presidente com os governadores e prefeitos contemplados, no Salão Nobre do Palácio do Planalto, em Brasília.

Este é o primeiro grupo de recursos distribuídos para projetos de Infraestrutura do PAC 2 e inclui praticamente a metade dos recursos disponíveis. O próximo grupo será destinados a municípios que possuam entre 50 e 70 mil habitantes, no próximo dia 20.
Correio*