Em um vídeo de 4 minutos e 45 segundos, o jornalista Flávio Archangelo registrou os momentos de tensão por que passaram os 118 passageiros do voo TAM JJ 3175 (Salvador/Guarulhos), que apresentou problemas de pressurização e fumaça na parte de trás da aeronave na noite de quinta-feira (23). Cerca de 10 pessoas tiveram ferimentos leves quando foram obrigadas evacuar por meio da escorregadeira de emergência.

O avião decolou de Salvador por volta das 19h30 e cerca de 15 minutos depois o piloto informou que retornaria ao aeroporto por causa de um problema na pressurização. Passageiros contaram que, antes do aviso, crianças já reclamavam de dor nos ouvidos e todos sentiram um cheiro estranho. Já no aeroporto, o avião permaneceu na pista por mais de uma hora.


Durante este período, os passageiros não receberam qualquer informação. “Não deram nem água, muito menos informação”, reclamou o engenheiro José Ivanildo Azevedo, 54 anos. Por duas vezes a cabine ordenou que a tripulação da aeronave se preparasse para voo. O estudante de medicina Renan Visibli, 21, que estava na penúltima fila, viu o forno pegando fogo e uma aeromoça e um homem usando o extintor. Em seguida, veio o aviso: “Abandonar a aeronave”, o que gerou confusão.

O vídeo registra todos os momentos: o retorno a Salvador, a tensão dentro da aeronave, a saída de emergência e o atendimento por funcionários da empresa aos passageiros no saguão. “Como a gente ficou sem qualquer informação, não se sabe a extensão do problema. Mas o registro está aí para que haja um cuidado maior com a vida das pessoas”, comentou o Flávio Archangelo.

Sobre o incidente a TAM divulgou a seguinte nota:

“A TAM informa que, no início da noite desta quinta-feira, no voo JJ 3175 (Salvador – São Paulo/Guarulhos) – que estava em solo no aeroporto da capital baiana –, foi detectada fumaça em um forno que aquece a alimentação de bordo. Seguindo os procedimentos de segurança, sob a orientação correta da tripulação, os 118 passageiros a bordo deixaram a aeronave pelas saídas de emergência. Ninguém ficou ferido. Após a situação ser controlada, os passageiros puderam voltar à aeronave Airbus A320 para buscar seus pertences. Eles estão sendo reacomodados em voos da própria TAM ou de empresas congêneres e recebendo assistência da companhia.”