A queniana Alice Timbilili confirmou o favoritismo e venceu a disputa feminina da 86ª Corrida Internacional de São Silvestre, nesta sexta-feira, em São Paulo.

Com isso, ela conquistou o título da prova pela segunda vez na história, repetindo o feito de 2007.

Baiana de Jacobina, Simone Alves da Silva foi a melhor brasileira na São Silvestre de 2010, pois terminou em segundo lugar e foi a única a ameaçar a liderança de Timbilili durante o percurso. Enquanto isso, a também queniana Eunice Kirwa conseguiu a terceira colocação.

A vitória de Timbilili aumentou o domínio africano na prova feminina da São Silvestre, que já dura desde o título dela própria em 2007. E a bicampeã ainda bateu o recorde da competição, ao completar o percurso de 15 quilômetros em 50min19 – a antiga marca pertencia à também queniana Hellen Kimayio, vencedora em 1993 com 50min26.
ATarde