Luiza Bairros, Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial

Empossados ontem como novos auxiliares da presidente Dilma Rousseff (PT) no governo federal, os ministros baianos aparecem agora como fortes promessas de mais projetos para a Bahia.

A posse dos ministros, além de confirmar a representatividade do estado na equipe que comandará o Brasil junto a Dilma, ajudará, segundo eles, na conquista de projetos associados à meta de política de inclusão social, iniciada no governo Lula.

Entre os representantes baianos, tomaram posse ontem os ministros Afonso Florence (PT), do Desenvolvimento Agrário, Luiza Bairros (PT), da Secretaria Especial de Promoção da Igualdade Racial, e Mário Negromonte (PT), das Cidades.

O governador Jaques Wagner (PT) participou da solenidade de transmissão de cargos dos três ministros. Florence e Bairros foram secretários durante o primeiro mandato de Wagner e Negromonte é deputado federal pela Bahia. Orlando Silva (PCdoB), Ministério dos Esportes, Jorge Hagge (sem filiação) para Controladoria-Geral da União também compõem o grupo de baianos que formam o governo Dilma.

Durante a cerimônia de posse, os três ressaltaram o compromisso de melhoria social da população brasileira. Dando sinais de fidelidade à política social do governo, Afonso Florence, titular do Desenvolvimento Agrário, destacou o “combate à miséria extrema” como foco da próxima gestão.

Nova titular da Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial, Luiza Bairros assumiu o cargo ressaltando a medida implementada na semana passada pelo Ministério das Relações Exteriores, de determinar a existência de cotas para negros no concurso para o Instituto Rio Branco – forma de ingresso no corpo diplomático brasileiro.

Segundo ela, políticas como essas devem ser ampliadas para outros órgãos públicos. “Este ano, vamos provocar cada ministério a apresentar uma ação de impacto, emblemática. [A decisão do Ministério das Relações Exteriores] foi uma ‘avant-première’, podemos ver com os demais ministérios como isso se organiza”, disse.

Forte aliado do governo baiano e integrante de um dos partidos que crescem na aliança com o governo federal, o baiano Mário Negromonte (PP) assumiu ontem o Ministério das Cidades, considerado um dos ministérios mais fortes do governo, responsável pelo Programa Minha Casa, Minha Vida. Em clima de emoção, Negromonte prometeu avançar na gestão das obras do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), colocando “como prioridade as obras referentes à Copa do Mundo de 2014”.
TribunadaBahia