Policiais da 11ª CP (Tancredo Neves) prenderam em flagrante nesta quarta-feira, 19, à noite, Leandro dos Santos Silva, de 23 anos. O jovem, que tentava fugir dos agentes, havia invadido uma residência na 2ª Travessa Sergipana, no bairro Saramandaia (Salvador), e feito refém o deficiente visual Messias de Santana, de 41 anos.

A polícia foi até o local após receber denúncia de briga entre bandidos rivais, motivada pela morte de José Júlio Santos Souza, 25, na tarde desta quarta, na Rua do Tubo, no mesmo bairro. Houve troca de tiros com a polícia.

Na ação, um dos bandidos, de identidade ignorada, morreu. Na tentativa de fuga, os outros criminosos invadiram a casa dos irmãos Messias e Maria Antônia de Santana. Ela conseguiu sair da casa para buscar ajuda.

Sem conseguir escapar, Messias permaneceu como refém por mais de uma hora. “Chegamos até a casa e iniciamos as negociações. Temíamos pela integridade física do refém e do marginal. Um dos bandidos conseguiu fugir pelos fundos da casa. O outro exigiu a presença de um advogado e da imprensa para poder liberar o refém”, contou o delegado titular da 11ª CP, Adailton Ada.

Após as negociações, o refém foi liberado. Leandro Santos Silva entregou os dois revólveres que estavam em suas mãos e foi levado para a delegacia. Acusado de homicídio, ele estava foragido da Justiça. Já havia cumprido pena por assalto e possui com um mandado de prisão.
ATarde