Mais de 10 toneladas de manganês furtado de uma mineradora na região de Caetité, no Sudoeste da Bahia, foram recuperadas nesta quinta-feira (17) por equipes da delegacia da cidade. O material estava sendo transportado em uma caçamba sem placa por Eugênio Couto Pimentel, 22 anos, preso em flagrante.

O minério é utilizado na fabricação de aço e de pilhas alcalinas. O delegado Wagner Marinho, titular de Caetité, informou que o manganês furtado da mineradora seria revendido a indústrias no estado de Minas Gerais. A caçamba foi localizada e apreendida em uma estrada que liga o povoado de Brejinhos das Ametistas a Caetité.

Eugênio Pimentel não possui carteira de habilitação e alegou que transportava o material a pedido de um empresário da região conhecido como Salvador. O suposto receptador será intimado a comparecer à delegacia para prestar esclarecimento. Se comprovado o envolvimento no esquema, deverá ser indiciado por receptação.

Autuado em flagrante por receptação qualificada, Eugênio ficará custodiado na carceragem da 20ª Coordenadoria Regional de Polícia (Coorpin), em Brumado. A polícia busca agora identificar e prender os demais envolvidos no esquema de revenda ilegal de manganês.