O prefeito João Henrique anunciou oficialmente a filiação ao Partido Progressista (PP) nesta segunda-feira (21), através de nota divulgada à imprensa. Ele aceitou o convite formal do partido em reunião realizada hoje, no Palácio Thomé de Souza, em Salvador. O ingresso será feito no próximo dia 12 de março.

Estiveram presentes no encontro o atual ministro das Cidades, Mário Negromonte, o deputado federal João Leão, os deputados estaduais Mário Júnior e Cacá Leão e o secretário regional do PP, Jabes Ribeiro.

“É muito importante o entrosamento das três esferas governamentais para as obras necessárias para a Copa do Mundo. Além disso, é uma honra me filiar ao PP, que tem experiências exitosas de administrações municipais”, disse João Henrique.

O político teve uma saída tumultuada do antigo partido, o PMDB. No dia 17 de janeiro, o partido suspendeu a filiação de João Henrique. Na época, o presidente estadual do PMDB, o deputado federal eleito Lúcio Vieira Lima, informou que a suspensão, que seria de 90 dias, partiu de um pedido feito por um filiado ao partido.

Após o anúncio da desfiliação, o prefeito entrou com um pedido no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) para deixar o PMDB. Ele declarou que precisaria se desfiliar do PMDB para conseguir manter um diálogo administrativo com o governo do estado, já que a sigla não permitia essa interação.

Na Bahia, são 50 prefeitos filiados ao PP. E em nível nacional são 44 deputados federais e 5 senadores.
Correio*