O Fórum das Associações de Docentes das Universidades Estaduais da Bahia decidiram, no último dia 24, que será realizada uma paralisação no próximo dia 30 de março.

Antes, porém, vão ser realizadas campanha salarial além de levantamento de assuntos de interesse da comunidade docente, como por exemplo, a “pesquisa sobre a evasão de docentes nas UEBA durante o governo Wagner”.

Ainda de acordo com a Associação dos Docentes da UESB (Adusb) acontece já nesta terça-feira, 01 de março, uma assembléia geral no Campus de Vitória da Conquista com a possibilidade dos professores aprovarem o indicativo de greve.