abril 2014
D S T Q Q S S
« mar   mai »
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930  

:: 24/abr/2014 . 22:37

Vitória se despede da Copa do Brasil ainda na primeira fase

Foi muito curta a passagem rubro-negra pela Copa do Brasil. O Leão não se encontrou em campo diante do JMalucelli, na noite desta quinta-feira (24), em Pituaçu, penou para arrancar o empate em 1 a 1 no tempo regulamentar, mas acabou derrotado nas penalidades.

O mesmo placar do jogo de ida começou a ser construído no gol de Leandro Silva, que marcou no segundo tempo. Juan marcou no final do jogo e arrancou o empate.

Na cobrança dos pênaltis, depois que Dinei isolou por cima do gol de Fabrício, o Vitória não conseguiu alcançar o Jotinha e perdeu por 5 a 3.

Depois de surpreender e conquistar a classificação fora de casa, o time paranaense enfrentará o Novo Hamburgo, do Rio Grande do Sul, na segunda fase da Copa do Brasil. A primeira partida está marcada para o dia 30 de abril. Eliminado, o Rubro-negro terá que superar a má fase na última competição que lhe resta no ano, o Brasileirão.

:: LEIA MAIS »

Profissionais da Educação fazem manifestação em praça pública

Na tarde desta quinta-feira, 24, os Profissionais da Educação da rede municipal de ensino de Vitória da Conquista se reuniram na Praça Barão do Rio Branco para realizarem uma manifestação em favor da greve da categoria.

Com faixas e carro de som, os manifestantes informaram os motivos do movimento, bem como reivindicaram melhorias para a educação da cidade.

Buscando o apoio da comunidade – tendo em vista que a luta visa benefícios para professores e alunos – o SIMMP apresentou as irregularidades encontradas nas contas da educação, fruto de uma minuciosa pesquisa desenvolvida pela entidade, através de dados disponibilizados pela Administração no Tribunal de Contas do Município e Portal da Transparência.

São quase dois milhões de reais mensal, referentes às despesas da educação, que o SIMMP não identificou nem a prefeitura soube explicar como estão sendo gastos. “A PMVC utiliza o dinheiro de forma absolutamente indevida. Há uma diferença de dois milhões de reais, mês, entre as contas que o sindicato controlou da prefeitura e o que ela diz que paga aos Profissionais da Educação. Dois milhões multiplicados por doze (meses) são vinte e quatro milhões. Esse valor seria suficiente para mobiliar todas as escolas, dar a elas uma estrutura de qualidade e fazer uma carreira decente para os professores”, afirmou a presidente do SIMMP, Geanne Oliveira.

:: LEIA MAIS »

Câmara dos Deputados aprova projeto que regulamenta as guardas municipais

O Plenário da Câmara dos Deputados aprovou nesta quarta-feira o Projeto de Lei 1332/03, do deputado Arnaldo Faria de Sá (PTB-SP), que regulamenta a criação e o funcionamento das guardas municipais, permitindo o uso de arma de fogo nos casos previstos no Estatuto do Desarmamento (Lei 10.826/03).

O texto aprovado é o de uma subemenda do relator pela Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado, deputado Fernando Francischini (SDD-PR), que incorporou negociações com os partidos e o governo. A matéria será enviada ao Senado.

Nos termos do Estatuto do Desarmamento, o porte de arma aos guardas municipais será permitido nas capitais dos estados e nos municípios com mais de 500 mil habitantes; e em cidades com mais de 50 mil e menos de 500 mil habitantes, quando em serviço. O direito ao porte de arma poderá ser suspenso em razão de restrição médica, decisão judicial ou por decisão do dirigente com justificativa.

:: LEIA MAIS »

PPS aciona Corregedoria para investigar relação de deputado baiano com doleiro

A liderança do PPS na Câmara pediu, nesta quarta-feira (23), à Corregedoria da Casa que apure o envolvimento do deputado Luiz Argôlo (SDD-BA) com o doleiro Alberto Youssef, preso pela Polícia Federal na Operação Lava Jato.

Para o líder da bancada na Câmara, Rubens Bueno (PR), há indícios de que o deputado baiano, que trocou recentemente o PP pelo recém-criado Solidariedade, quebrou o decoro parlamentar por causa de suas relações com o doleiro.

“O caso é grave e não pode passar em branco. O deputado precisa se explicar na Corregedoria, respeitado o amplo direito de defesa.

De qualquer forma, assim como está ocorrendo no caso do deputado André Vargas, uma investigação tem que ser aberta. É isso que estamos cobrando da corregedoria”, defendeu o líder do PPS.

Deputado pelo PT do Paraná, André Vargas renunciou à vice-presidência da Câmara após ter virar alvo de um pedido de inquérito no Supremo Tribunal Federal (STF) por causa de suas relações com Youssef. O petista também tem contra si um pedido de cassação no Conselho de Ética. A votação do relatório do deputado Júlio Delgado (PSB-MG), prevista para ontem, foi adiada a pedido de defensores de Vargas.

:: LEIA MAIS »



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia