11798474_964316633599951_1328396145_nPesquisa P&A feita no mês passado em Vitória da Conquista revela uma ampla vantagem do deputado Herzem Gusmão (PMDB) na disputa pela Prefeitura. Realizada em 22 localidades da terceira maior cidade da Bahia, a pesquisa simulou os principais cenários no primeiro turno, além das três possibilidades do segundo.

No primeiro cenário, Herzem aparece com 37,3%, seguido pelo deputado José Raimundo (PT), com 19,7%, Fabricio Falcão (PC do B), com 6,2% e Professor Cori (PT), com 5,2%.

Também foram citados o ex-governador Nilo Coelho (PSDB), com 2,7%, Coronel Esmeraldino (PMDB), com 1,7%, Marcelo Melo (sem partido), com 1,5%, e Arlindo (PROS), com 1,2%.

Em outro cenário, com apenas um candidato do PT, Herzem Gusmão amplia a liderança e atinge 41%, ante 10% do Professor Cori e 9% de Fabricio Falcão. Os outros pré-candidatos tiveram menos de 3%, cada um. Com apenas três postulantes, simulando as principais opções do PT, Herzem ganharia com 43,3%, contra  21,1% de Zé Raimundo e 9% de Fabricio Falcão. Sem José Raimundo, Herzem teria 47%, enquanto Fabricio ficaria com 10,9% e Professor Cori com 9,2%.

Em um eventual segundo turno, em um dos cenários Herzem teria 49,8%, contra 13,9% de Fabricio. Com Zé Raimundo na disputa, o peemedebista ficaria com 49% e o petista, 22,1%. Já com o Professor Cori no segundo turno, Herzem ficaria com 52,5% e seu eventual adversário, 12,9%. O instituto mediu também a rejeição dos candidatos. José Raimundo tem o maior índice, com 25,4%, seguido por Nilo Coelho (18,9%), Professor Cori (16,7%) e Herzem Gusmão (12,7%).