sesabTerminou sem acordo, por volta das 19h desta quarta-feira (5), a reunião entre representantes do Sindicato dos Trabalhadores em Saúde do Estado da Bahia (Sindsaúde) e Fábio Vilas-Boas, secretário da saúde. A categoria está em greve desde 17 de julho.

Segundo Sílvio Roberto dos Anjos e Silva, presidente do Sindsaúde, o secretário de saúde disse que não discutiria a pauta de greve da categoria. “Ele falou que a pauta de greve teria que ser conversada com a Secretaria de Administração [Saeb] e que só iria discutir os assuntos da saúde como um todo”, disse Sílvio.

A categoria é contra o corte do adicional de insalubridade e reinvidica a revisão do processo de regionalização da saúde, implementação de plano de progressão para carreiras e vencimentos, regulamentação de promoções, realização de concurso público em todas as áreas, fim das terceirizações, revisão dos tíquetes de alimentação, incorporação da URV ao salários e melhoria nas condições de trabalho.

O presidente do sindicato informou que a greve continua e que uma nova assembleia da categoria está marcada para às 14h desta sexta-feira. Ele ainda informou que vai agendar uma audiência com o secretário de administração.
A assessoria da Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (Sesab) informou que a reunião desta quarta foi apenas uma audiência pra ouvir os servidores, e que a mesa de negociação é gerida pela Secretaria de Administração.
G1