Por Amanda Juvaneli

Há alguns anos o mercado do franchising está mirando investidores no Nordeste, prova disto é o crescimento de franquias na região nos últimos anos.

De acordo com a ABF – Associação Brasileira de Franchising, os investimentos cresceram 17,7% de 2012 para 2014. O nordeste é responsável por apenas 2% do faturamento das redes no Brasil, pouco para o potencial dos estados nordestinos.

É pensando no déficit de franquias que algumas redes apostam na região para ampliar as suas unidades. É o caso da Ibeo Odonto, franquia de clínicas odontológicas que hoje tem maior atuação no sudeste. “O Nordeste é nosso foco nos planos de expansão. Por ser uma região carente em nosso segmento o franqueado terá um potencial enorme, de crescimento rápido”, comenta Cesar Vieira, diretor do Grupo Ibeo Odonto.

O Ibeo Odonto possui dois modelos de negócios: a conversão de clínicas, com investimento entre R$25 mil e R$30 mil e, a montagem de clínicas novas, com investimento entre R$90 mil e R$120 mil, já incluído a taxa de franquia. O faturamento está ligado a cidade de atuação da clínica. A média é de R$ 40 mil a R$ 60 mil para clínicas com duas cadeiras, de R$ 80 mil a R$ 100 mil para clínicas com três e, mais de R$ 150 mil para clínicas com mais de quatro cadeiras.