Herzem - Foto agosto 2015O deputado Estadual Herzem Gusmão (PMDB) solicitou na manhã de hoje ao presidente da Comissão de Direitos Humanos e Segurança Pública da Assembleia Legislativa, Marcelino Galo (PT), para que fosse encaminhado um ofício ao secretário de Segurança Pública do Estado, Maurício Barbosa, pedindo uma atenção maior na área para Vitória da Conquista.

A cidade, que é a terceira maior da Bahia, ocupa a 24a posição entre os 30 municípios mais violentas do Brasil, em mortes de jovens de 14 a 16 anos.

O peemdebista também falou sobre o deficit no efetivo policial no município, fazendo uma comparação com Jequié. “De acordo com recente levantamento, foram contabilizados 602 homens em Vitória da Conquista e 641 em Jequié, sendo que Conquista tem o dobro da população”, afirmou.

“Não quero tirar nem um policial de Jequié, até porque a cidade também precisa. Quero mostrar o tratamento que o governo dá à terceira maior da cidade da Bahia. Conquista está tomada pelo crime. Todos os dias, os noticiários estampam a violência local. Quase sempre tem uma execução. Não tem dia, nem horário, nem local para ocorrer. As mortes acontecem em plena praça pública, à luz do dia. Já fiz campanha para que Vitória da Conquista recebesse um comando da polícia militar do Sudoeste (CPR/Sudoeste), que foi implantada, mas nada mudou”, argumentou o parlamentar.