noticia5984Nesta quarta-feira (25) acontece a Eleição OAB 2015 em Salvador e nas 34 subseções da OAB da Bahia. Quatro chapas concorrem à presidência da seccional baiana para o triênio 2016-2018: Mais OAB N° 86, Presidente Luiz Viana; Coragem Para Renovar N° 77, Presidente Carlos Rátis; OAB Livre N° 17, Presidente José Nelis e Nova OAB N°25, Presidente Fabiano Mota. A votação começa às 9h e termina às 18h e o voto é obrigatório para os 25.645 advogados baianos aptos a votar.

Na capital baiana a votação ocorrerá no Centro Espanhol, em Ondina, que reunirá 34 seções eleitorais divididas em três grandes setores. Setor 1 – Salão Pepe Otero, seções de 11 a 28; Setor 2 – Pátio Andaluz, seções 1 a 10; Setor 3 – Capela, Seções 29 a 34. No interior do estado serão 41 seções de votação distribuídas pelas 34 subseções da OAB-BA. As seções funcionarão nas sedes das subseções e em salas da OAB nos fóruns.

Os municípios com maior número de eleitores são Salvador, com 16.619 advogados; Feira de Santana, com 1.057; Vitória da Conquista, com 1.055 e Itabuna, com 767. Os menores colégios eleitorais são Campo Formoso, com 35 advogados eleitores, e Gandu, com 40. Na maioria das seções a votação será feita em urnas eletrônicas cedidas pelo Tribunal Regional Eleitoral do Estado da Bahia. Cada seção eleitoral recebeu um kit com urna eletrônica (TRE) ou de lona, mapa de apuração e documentação referente à eleição.

Saiba onde votar

No link ‘Consulta Situação‘, no especial Eleições 2015 no site da OAB-BA, utilizando o seu número de inscrição da OAB-BA, CPF e número CNA (aquele que aparece acima do chip na carteira, formado por 8 dígitos) o advogado pode consultar seu local de votação e se certificar de que se encontra apto a votar.

Apuração

Após o encerramento da votação as mesas receptoras de votos serão convertidas em mesas apuradoras e os resultados serão transmitidos para a central de totalização instalada no Centro Espanhol e exibidos em tempo real no site da OAB da Bahia. Após apurados todos os votos, a comissão eleitoral proclamará os eleitos.

OAB-BA