fevereiro 2016
D S T Q Q S S
« jan   mar »
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
2829  


PT exclui Waldenor e Zé Raimundo em Conquista; escolha caberá a atual prefeito

O pré-candidato do PT para a prefeitura de Vitória da Conquista deve ser definido até março. Quem garante é o presidente estadual da legenda, Everaldo Anunciação.

O mistério em torno do nome que vai ganhar a predileção da sigla na disputa denota falta de consenso sobre quem seria a aposta para sucessão do petista Guilherme Menezes. O PT já deu a largada para as eleições municipais deste ano, ao definir 12 pré-candidatos para representar a agremiação.

Segundo Anunciação, no páreo estão Odir Freire, atual secretário de Agricultura, e Márcio Matos, dirigente nacional do Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST), ligado à tendência Esquerda Popular do partido. Da disputa, foram excluídos o deputado federal Waldenor Pereira e o deputado estadual Zé Raimundo, antes citados como possíveis pré-candidatos.

A cartada final, no entanto, é de Guilherme Menezes. E ele já tem seu preferido para dar ao partido, que já governa a cidade há 20 anos, mais quatro anos no poder conquistense: Odir Freire. “A participação dele é direta, ele tem uma importância não só eleitoral, histórica”, afirmou Anunciação em entrevista ao Bahia Notícias.

O petista também “não acredita” na possibilidade de o PCdoB, que compõe a base aliada do partido em âmbito estadual, aliar-se a legendas de oposição na tentativa de impedir o êxito do partido nas urnas. De acordo com ele, a candidatura do deputado estadual Fabrício Falcão (PCdoB) a prefeito faz parte da estratégia de tentar pulverizar a disputa em cidades onde ocorre segundo turno, caso de Conquista.

“Estamos analisando a questão da pulverização para levar para o segundo turno, é uma estratégia. Eu não acredito que nenhum partido da base aliada vá se aliar a partidos da oposição onde há candidaturas. Seria um contrassenso, por exemplo, PT se aliar com DEM para derrubar o PCdoB”, negou.

O dirigente estadual também minimiza a possibilidade de a atual má fase da sigla, que tem nomes históricos envolvidos em escândalos de corrupção, prejudicar seu desempenho em áreas que são redutos eleitorais. “A oposição vai querer usar ataques, pois ela não tem nenhum plano para o país. Em tempos que a mídia tradicional ataca o PT, nós vamos ter o espaço de rádio para falar do legado que construímos e é conhecido pela sociedade. Vamos apresentar uma política avançada com relação à política”, explicou.

Já em Lauro de Freitas, o partido deve fechar com a deputada federal Moema Gramacho e, em Alagoinhas, com o deputado estadual Joseildo Ramos. “Nós estamos acertando os últimos detalhes. A tendência é que Moema e Joseildo sejam candidatos. Ainda no mês de março a gente deve fechar uma posição sobre todas essas cidades”, vislumbrou.
BahiaNotícias

1 resposta para “PT exclui Waldenor e Zé Raimundo em Conquista; escolha caberá a atual prefeito”

Deixe seu comentário



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia