preguica-3Um homem de 54 anos foi preso na cidade de Barra do Choça, no sudoeste da Bahia, por maus-tratos a um bicho-preguiça, na terça-feira (29).

De acordo com a Polícia Civil da cidade, o animal teve as unhas da pata direita arrancadas com uma serra. Em depoimento, o homem disse não ter se arrependido do ato. Ele vai responder o crime de maus-tratos a animais em liberdade.

Em contato com o G1 nesta quarta-feira (30), a delegada Gabriela Vieira, responsável pelo caso, disse que o homem foi preso após a Guarda Municipal de Barra do Choça receber uma denúncia. Os agentes flagraram os maus-tartos ao animal na casa do acusado. “Quando perguntei a motivação dele [o homem preso], ele apenas disse: ‘porque eu quis”, afirmou a delegada.

Após ser preso, o homem relatou que o animal foi capturado por ele na zona rural de Barra do Choça.

Após ser resgatado, o bicho-preguiça foi levado para o Centro de Triagem de Animais Silvestres (Cetas ), em Vitória da Conquista. De acordo com o veterinário coordenador do Cetas, Aderbal Azevedo Alves, o animal perdeu bastante sangue, foi medicado e está em observação.

“Como ele [o homem] não arrancou a unha na matriz, ela ainda vai crescer, ficou bem curtinha, vai levar muito tempo, mas cresce. Fizemos a contenção do sangramento e ela passa bem, mas não tem previsão de quando voltará para natureza, vai depender do desenrolar do quadro clínico dela”, explicou Alves.

G1