novo_banner_adusbDurante os dias 23 e 25 de maio ocorrerá a Semana de Luta em Defesa da Uesb. Diversas atividades estão previstas como debates, prestação de serviços, oficina de cartazes e paralisação.

Estudantes, professores e servidores técnico-administrativos estão mobilizados e convidam a comunidade a resistir em defesa das universidades públicas. As atividades fazem parte da Semana de Mobilização do setor das Instituições Estaduais e Municipais (IEES/IMES) do Andes-SN.

O Governo tem atacado as Universidades Estaduais da Bahia (UEBA). Desde 2013, seguidos cortes e medidas restritivas foram tomadas. Atualmente, as UEBA acumulam um déficit de R$ 73 milhões. Na Uesb, o cenário se agrava com a falta de professores e servidores técnicos, materiais de laboratórios e verbas para pesquisa, extensão e permanência estudantil. Atualmente, cerca de 180 disciplinas estão sem professores.

Direitos trabalhistas também são alvo do Governo Rui Costa (PT). No final de 2015, as licenças sabática e prêmio foram extintas. O governador ainda se recusa a pagar o reajuste linear aos mais de 260 mil servidores públicos. Com essa medida, 34 mil estão recebendo abaixo do salário mínimo.

Entendendo a importância que a universidade tem para a formação de profissionais no interior baiano e pela importância dos serviços prestados á comunidade, a Adusb conclama a todos a se juntar na luta em defesa da sobrevivência da Uesb. Estudantes, professores e técnico-administrativos elaboraram agenda de mobilização e estão construindo um manifesto. Confira a programação!

Vitória da Conquista

Segunda-feira (23) – Mobilização em frente ao Módulo Luizão

8h- Café da manhã e oficinas de cartazes
12h- Almoço no Restaurante Universitário (RU) e panfletagem
14h- Mobilização no stand e passagem em salas de aula
17h- Plenária com a comunidade acadêmica
18h- Sarau político-cultural

Terça-feira (24) – Paralisação e Ato Público
06h – Concentração em frente ao CEMAE

Quarta-feira (25) – Debate sobre “Dívida Pública, PLP 257/2016 e arrocho salarial”
19h –Debate no Auditório do Sindicato dos Bancários – Vitória da Conquista
Adusb