Foto: Fernandez Fernandes/ Blog Sigi Vilares

Foto: Fernandez Fernandes/ Blog Sigi Vilares

Um homem de 42 anos morreu após ser atingido pela concha de uma retroescavadeira no município de Barreiras, no oeste do estado. A vítima trabalhava em uma obra de manutenção de sistema de esgosto, por meio de uma empresa terceirizada que presta serviços à Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa).

Conforme a Polícia Civil, informações preliminares apontam que o trabalhador fazia os serviços de manutenção na Rua Lisboa, no bairro Santo Antônio, na tarde de segunda-feira (5). Ao lado, um colega de empresa operava a retroescavadeira. Em uma manobra da máquina, a polícia conta que a concha do equipamento acabou atingido as costelas da vítima.

Equipes da Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foram encaminhadas para a região do acidente, mas a vítima não resistiu ao impacto da batida e morreu no local. “Tudo indica que não houve dolo [ação de má-fé], mas vamos avaliar se houve negligência na manobra do equipamento”, afirma o delegado Joaquim Rodrigues.


O corpo da vítima foi encaminhado para o Departamento de Polícia Técnica (DPT) e liberado ainda no dia do acidente. O G1 entrou em contato com a Embasa na cidade, que confirmou que o homem morto era de um funcionário que atuava em uma empresa terceirizada.
G1