cerbCom a anuência do governador Rui Costa, um imóvel localizado no Centro Industrial dos Imborés, em Vitória da Conquista, de propriedade da Empresa Baiana de Alimentos (Ebal), foi entregue à Companhia de Engenharia Hídrica e de Saneamento da Bahia (Cerb), por meio de termo de cessão, onde será a nova sede do Núcleo Regional da Cerb de Vitória da Conquista (NR-10), que há 28 anos não tinha sede própria.

O NR-10 em Vitória da Conquista abrange 70 municípios das regiões do Sudoeste, Litoral Sul e Serra Geral, os quais estão inseridos em seis territórios de identidade, atendendo a uma população de dois milhões de habitantes e atuando no segmento da perfuração de poços tubulares e construção de sistemas de abastecimento de água, entre outras atividades.

De acordo com o diretor administrativo financeiro Marcelo Oliveira, “ a nossa preocupação é reduzir as despesas face ao cenário econômico. Vale ressaltar que o imóvel locado para o NR-10 de Conquista, muito mais acanhado, gera uma despesa anual de aproximadamente R$80 mil, além do que a previsão orçamentária para construção da nova sede própria constava do orçamento para investimento no valor R$4 milhões e 500 mil, ora economizados. Já o imóvel cedido pela Ebal com anuência do governador Rui Costa vai atender plenamente as necessidades operacionais da Cerb”.

Na área cedida à Cerb pela Ebal de nove mil metros é composto de seis salas de escritório, almoxarifado e um galpão que vai servir para o armazenamento de tubulações, conexões, reservatórios, equipamentos utilizados na perfuração de poços e de bombeio para os sistemas de abastecimento de água, além de uma área de estacionamento. Provavelmente, no final de abril o imóvel será desocupado pela Ebal e entregue à Cerb.

Segundo a engenheira civil Helena Seixas, responsável pelo projeto executivo, foi perfurado, em um terreno bem próximo ao imóvel, cerca de mil metros, um poço tubular profundo que é viável do ponto de vista econômico e poderá ser aproveitado para atender ao Núcleo Regional de Conquista. “Esse poço vai gerar uma economia considerável nas despesas com o consumo de água.O Governo da Bahia tem sido uma referência em diminuir os gastos com custeio, inclusive, a Cerb já perfurou outros poços em prédios públicos”, concluiu a engenheira.
ASCOM CERB