SIRIO LIBANES MAURICIOA Faculdade Maurício de Nassau sediará, até o mês de Dezembro deste ano, o projeto de capacitação do Instituto de Ensino e Pesquisa do Hospital Sírio Libanês e Ministério da Saúde.

Essa ação tem o objetivo de desenvolver, em 40 regiões do país, projetos educacionais para a capacitação de profissionais do Sistema Único de Saúde – SUS.

Em Vitória da Conquista serão ofertados Cursos de Especialização em Qualidade e Segurança no Cuidado ao Paciente; Vigilância Sanitária; Gestão da Regulação e Gestão da Clínica nas Regiões de Saúde.

A parceria foi realizada entre o Programa de Pós Graduação da NASSAU e o Sírio Libanês para sediar o espaço para as capacitações mensais, que contarão com a participação de 160 profissionais oriundos dos 19 municípios da região. De acordo com a Coordenadora do SUS do Sírio Libanês, Luciana Barros, esta iniciativa movimenta uma gama de parceiros que, juntos, prezam pela qualidade do serviço de saúde brasileiro. “Esses projetos são definidos a partir das necessidades identificadas pelos gestores do SUS e executados pelo IEP/HSL”, pontua.

Para Patrícia Ferraz, coordenadora da pós-graduação da Faculdade Maurício de Nassau, esse deve ser o primeiro passo de uma série de atividades. “É uma parceria benéfica para nossa unidade, pois estenderemos nossos laços para a realização de outros projetos”, comenta. A visão do diretor da NASSAU Vitória da conquista, Ricardo Marques, é bem semelhante à da coordenadora. “É um honra para a nossa Instituição poder contribuir para um projeto tão grandioso para o país”, conclui.

O projeto também conta com o apoio do Conselho Nacional de Secretários da Saúde – CONASS, do Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde – ONASEMS e da Agência Nacional de Vigilância Sanitária – ANVISA. Neste mês de março os cursos iniciaram no dia 22 e se estenderão até o dia 24 (sexta-feira).
ASCOM MAURÍCIO DE NASSAU