PROV_seminário-gênero,-raça-e-classe-2018_whatsRacismo, machismo, LGBTfobia e assédio serão amplamente discutidos nos dias 8 e 9 de março na Uesb, campus Vitória da Conquista. A iniciativa é da Adusb por meio do Seminário “Gênero, Raça e Classe”. O evento acontecerá no auditório do Módulo IV e contará com a presença de diversos pesquisadores e militantes do combate às opressões.

O seminário pretende aprofundar o entendimento das opressões como estruturais ao sistema capitalista e apontar perspectivas de enfrentamento dessas violências. É também uma ação de continuidade à iniciativa das rodas de conversa contra o assédio, realizadas em 2017, pelo Grupo de Trabalho de Política de Classe Para Questões Etnicorraciais, Gênero e Diversidade Sexual (GTPCEGDS) da Adusb nos três campi da Uesb.

Mídia e (de)formação da consciência de gênero, raça e classe

O curso “Mídia e (de)formação da consciência de gênero, raça e classe”, ministrado pela professora Qelli Rocha, acontecerá no primeiro dia do evento às 18h. Por ter vagas limitadas, os interessados no curso devem realizar suas inscrições até o dia 4 de março. A lista de participantes será divulgada no dia 5 de março.

Faça já sua inscrição.

O curso objetiva compreender como as relações de gênero relações de raça e sexualidade são caracterizadas pela mídia. Entende-se que a mídia, principalmente a televisiva, desperta questionamento em vários segmentos da sociedade; pelo apelo sexual, expresso, principalmente, pelo uso da figura feminina, em que de um lado reforça a ideia de autonomia e liberdade e de outro, contraditoriamente, propaga-se a violência e dominação/exploração feminina.

O 8 de março

Sandra Ramos, representante do GTPCEGDS da Adusb, avalia a importância do seminário iniciar em 8 de março, Dia Internacional da Mulher, pois marca a ação do sindicato no fortalecimento da luta pela emancipação das mulheres. Enfatiza ainda que o seminário pautará “a luta contra a PEC 181, principalmente em torno da discussão da legalização do aborto, da ineficácia das políticas públicas de saúde e dos direitos sexuais e reprodutivos das mulheres” e finaliza que um dos objetivos do seminário será “buscar ações para dirimir as opressões sofridas pelas mulheres”.

PROGRAMAÇÃO COMPLETA

08 de março de 2018

8:00 – Credenciamento
8:30 – Mesa de abertura
9:00 – Momento Cultural
9:30 – Mesa 1: Mulheres, Raça e Emancipação numa sociedade de classes
Membros: Qelli Rocha (UFMT/Adufmat-MT); Núbia Regina (UESB)
14:00 – Mesa 2: Gênero e diversidade sexual: da opressão à libertação
Membros: Amanda Palha (coletivo LGBT comunista/ discente UFPE), João Diógenes (UESB)
17:00 – Momento cultural
18:00 – Curso: Mídia e a (de)formação da consciência de gênero, raça e classe
Ministrante: Qelli Rocha (UFMT)

 

09 de março de 2018

8:30 – Momento cultural
9:00 – Mesa 3: Povos indígenas: Resistencia e luta frente às políticas de expansão de mercado
Membros: Sandra Buenafuente (UFRR/Sesduf-RR); Nádia Akauã Tupinambá (Liderança indígena Tupinambá), José Valdir (UESB)
14:00 – Mesa 4: Ser negro e negra numa sociedade escravocrata: Uma história de luta
Membros: Emanuelle Freitas Goes (UFBA)/ blog população negra e saúde); Jhonatas Monteiro (militante de movimentos sociais, professor de rede estadual de ensino)
17:00 – Plenária final
18:00 – Momento cultural e encerramento

Adusb