julho 2018
D S T Q Q S S
« jun   ago »
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  

:: 27/jul/2018 . 15:04

Bandeira tarifária vermelha continuará em agosto

O diretor geral do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), Luís Eduardo Barata, informou hoje (26) que a bandeira tarifária deverá continuar vermelha em agosto, uma vez que o país enfrenta adversidades climáticas em razão da falta de chuva, predominante agora em julho.

A bandeira tarifária vermelha (patamar 2) tem o custo adicional na conta de luz de R$ 5 a cada 100 kWh (quilowatts-hora) consumidos. A repetição da bandeira do mês de junho deve-se à manutenção das condições hidrológicas desfavoráveis e à tendência de redução no nível de armazenamento dos principais reservatórios do Sistema Interligado Nacional (SIN).

“A bandeira vermelha deve continuar em agosto e a tendência é de que ela deva permanecer até o final do período seco. A situação hidrológica encontra-se em situação adversa de norte a sul do país e a chuva não cai”, explicou.

Eduardo Barata, no entanto, afastou o risco de desabastecimento de energia elétrica. “A energia estará mais cara, embora não haja risco de desabastecimento. Mas com certeza a um custo [da energia] bem maior. Isto significa que é importante que se reduza o consumo, o que também consequentemente acarretará na redução do custo para o consumidor final. Reduz o consumo, reduz o custo”, disse.

:: LEIA MAIS »

Coceira na pele nem sempre é uma doença dermatológica

Existem diferentes razões para o surgimento de coceira ou irritação na pele. Entre as mais comuns estão as alergias, picadas de inseto, dermatites e outras.

Mas uma doença rara e pouco conhecida pode ser a causa, especialmente em mulheres de 35 a 60 anos. Trata-se da Colangite Biliar Primária (CBP), uma disfunção hepática autoimune caracterizada por destruição progressiva dos canais biliares presentes no fígado.

“Um dos principais sintomas da CBP é o prurido, também conhecido como coceira ou comichão, sem causa aparente. A coceira excessiva surge, habitualmente, com mais intensidade à noite ou em dias quentes”, explica a médica ginecologista Patrícia de Rossi.

A especialista esclarece que existem diversas causas para esse incômodo, o que leva muitas pessoas a procurarem imediatamente o dermatologista. Porém, como o ginecologista é o médico que acompanha a saúde da mulher, pode ser o primeiro a ser consultado sobre o sintoma. “Por isso, a indicação de um exame de sangue específico, principalmente em mulheres acima dos 35 anos, é essencial”, explica.

:: LEIA MAIS »

Vitória da Conquista: Dois são presos maconha e cocaína em ônibus interestadual na BR-116

Um homem e uma mulher foram detidos na madrugada desta quinta-feira, 26, com cerca de nove quilos de drogas no km 830 da BR-116, na altura de Vitória da Conquista (a 521 quilômetros de Salvador). Os entorpecentes foram encontrados em um ônibus interestadual, que viajava de São Paulo para Alagoas.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), a mulher foi flagrada com 140 pinos de cocaína escondidos em seus pertences. A suspeita, que possuía passagem pela polícia por tráfico de drogas, informou aos policiais que recebeu a droga na cidade de Luís Antônio (SP) e que deveria entregar em Teotônio Vilelas (AL) para quitar dívidas oriundas do tráfico.

Ainda de acordo com a PRF, na mala do homem foram encontrados 10 tabletes de maconha, pesando 8,2 quilos. Ele, que tinha mandado de prisão em aberto, relatou que a droga recebida em São Paulo (SP) deveria ser entregue Aracaju (SE).

:: LEIA MAIS »

Um estado patrimonialista e a cleptocracia sistêmica

Prof. Dirlêi A Bonfim*

O que sobra para a sociedade, dentro de um estado patrimonialista, com fortes características da “Plutocracia”, o que realmente fica para a sociedade em geral…? Apenas pagar a conta para a manutenção do estafe? E utopicamente acreditar que de fato pode interferir e quem sabe um dia mudar este estado de coisas…? “Em linhas gerais, prevalecem as estirpes que remontam à colonização”, é claro que o poder e o dinheiro mudaram de mãos, aliás, isso acontece o tempo todo. A história do patronato político brasileiro, é a de um sistema patrimonialista e oligárquico, de um poder concentrado nas mãos das classes dominantes, ao longo de décadas. Trata-se de herança portuguesa, que privilegia a intervenção e a participação do Estado na atividade econômica: “tudo para o enriquecimento da nação e o proveito do grupo que a dirige”. Segundo, Faoro, (2002), “… a colonização do país dividiu seu território em capitanias sob o domínio de velhos coronéis e sua descendência. A rigor, os donatários e chefes das províncias não foram instituídos por acaso”. Constituíam o centro de controle e financiamento eleitoral de campanhas para governadores, presidentes, deputados e senadores. Sempre tivemos gestões temerárias, incompetentes e corruptas, se apropriando do “erário público”, como se fosse integrante do “patrimônio privado”.

Patrimonialismo é um conceito desenvolvido pelo sociólogo alemão Max Weber (1864-1920), no fim do século XIX, e aplicável tanto à disciplina de história quanto à sociologia. Esse conceito tem o objetivo de compreender um modo específico de dominação, ou de poder, que atinge as esferas econômica e sociopolítica. Como o próprio termo indica, patrimonialismo deriva das palavras patrimônio e patrimonial e pode ser definido como uma concepção de poder em que as esferas pública e privada confundem-se e, muitas vezes, tornam-se quase indistintas. Assim sendo, um líder político é qualificado como patrimonialista quando, ao assumir um cargo na esfera pública (o de governador, por exemplo), acaba “instrumentalizando”, isto é, criando mecanismos de controle, a estrutura estatal para satisfazer as suas necessidades pessoais, ou seja, privadas.

:: LEIA MAIS »

‘Rei de Paus’ do Baralho do Crime morre após troca de tiros na Bahia

O “Rei de Paus” do Baralho do Crime da Secretaria da Segurança Pública (SSP-BA), Ednelson Nascimento da Conceição, mais conhecido pelo apelido de ‘Mágico’, morreu após um confronto com a polícia durante uma operação na madrugada desta sexta-feira (27), na localidade de Jauá, cidade de Camaçari, onde estava escondido.

Segundo a SSP, o suspeito, apontado por liderar uma quadrilha envolvida com tráfico de drogas, homicídios e assaltos no Subúrbio Ferroviário, atirou nos policiais durante os cumprimentos de mandados de prisão e busca e apreensão da operação “Abracadabra”.

O Mágico, apelido que surgiu diante da facilidade de sumir dentro do Parque São Bartolomeu, em Salvador, região onde atuava, tem envolvimento direto em pelo menos 30 assassinatos, entre eles o do soldado PM Leonildo Santana dos Santos, no ano de 2012, informou a polícia.

No confronto, ele acabou atingido e, conforme a SSP, ainda foi socorrido para o hospital Menandro de Faria, mas não resistiu. Uma pistola calibre 380, carregador, munições e uma certa quantidade de maconha foram apreendidos com o suspeito.

:: LEIA MAIS »



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia