agosto 2018
D S T Q Q S S
« jul   set »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  

:: 28/ago/2018 . 7:50

Vitória da Conquista: Mulher é presa transportando mais de 50 kg de maconha na BR-116

Uma mulher de 26 anos, que não foi a identidade revelada, foi presa em flagrante no domingo, 26, com 52 kg de maconha em um ônibus clandestino na BR-116, próximo à cidade de Vitória da Conquista (distante a 527 km de Salvador).

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), a suspeita foi detida durante uma fiscalização no KM 830 da rodovia. Ela transportava duas malas contendo 59 tabletes do entorpecente, encontrados pelos agentes no bagageiro do veículo que fazia o itinerário São Paulo-SP a Garanhus-PE.

Após a prisão, a mulher informou que recebeu o entorpecente no bairro do Brás, capital paulista, para entregá-lo em Aracaju-SE, onde ganharia uma quantia em dinheiro.

Outro flagrante
Ainda de acordo com a PRF, uma hora antes do flagrante, um outro ônibus com destino a Pernambuco foi parado e, durante a abordagem, foi encontrado uma mochila com 1 kg de cloridrato de cocaína e 2,7kg de maconha. :: LEIA MAIS »

Ministério da Saúde quer combater fake news com serviço pelo WhatsApp

Ministério da Saúde lança serviço de combate à Fake News

Ministério da Saúde lança serviço de combate à Fake News

Um canal no aplicativo WhatsApp vai possibilitar que a população consulte se a notícia sobre saúde que ecebeu na redes sociais é verdadeira ou falsa. O anúncio foi feito hoje (27) pelo Ministério da Saúde. De acordo com a pasta, qualquer cidadão poderá adicionar gratuitamente o número (61) 99289-4640 nos contatos do celular.

“Ele servirá exclusivamente para verificar com os profissionais de saúde nas áreas técnicas da pasta se um texto ou imagem que circula nas redes sociais é verdadeiro ou falso. Ou seja, é um canal exclusivo e oficial para desmascarar as notícias falsas e certificar as verdadeiras”, informou o ministério, por meio de nota.

No comunicado, o diretor de Comunicação Social da pasta, Ugo Braga, classifica as chamadas fake news como “praga da modernidade” que vem sendo usada de toda forma para manipular, enganar, iludir e prejudicar. “No caso da saúde, é muito mais grave, porque a notícia falsa mata”, reforçou, ao citar o WhatApp como principal veículo de transmissão de notícias falsas. :: LEIA MAIS »



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia