março 2019
D S T Q Q S S
« fev   abr »
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  

:: 20/mar/2019 . 9:29

Inscrições para seleção do Ifba encerram nesta quarta; salários chegam a R$ 4 mil

ifbaEncerram nesta quarta-feira, 20, as inscrições para o processo seletivo destinado a contratação de professor substituto do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Bahia (Ifba). As remunerações variam entre R$ 3.126,31 a R$ 4.272,99.

Com taxa no valor de R$ 70, os interessados podem realizar a inscrição por meio do site do instituto. Os selecionados terão carga horária de 40h semanais, com auxílio alimentação de R$ 458. Mais informações podem ser adquiridas no edital.  :: LEIA MAIS »

Adolescente é apreendido suspeito de matar jovem de 14 anos

Um adolescente foi apreendido nesta terça-feira (19) por suspeita de envolvimento na morte de uma garota de 14 anos na cidade de Vitória da Conquista, na região sudoeste da Bahia. O crime ocorreu no domingo (17).

A vítima foi Helen Gonçalves Ferreira. Ela foi morta a tiros na frente da casa onde morava, na Rua Circular 5, no bairro Miro Cairo. Conforme a polícia, no entanto, a irmã dela seria o alvo.

O adolescente apreendido, que não teve idade divulgada, teria agido a mando de um traficante da região, conhecido como “Amendoim”.

De acordo com a polícia, “Amendoim” teria mandado matar a irmã de Helen por conta de dívidas com drogas.

:: LEIA MAIS »

Projeto prioriza matrícula de filhos de mulheres vítimas de violência

violencia_domestica_marcos_santos_uspO plenário da Câmara dos Deputados aprovou nesta terça-feira (19) o projeto de lei que estabelece prioridade em centros de educação infantil a filhos de mulher que sofre violência doméstica. A matéria segue para análise do Senado.

Segundo o texto da relatora, deputada Bruna Furlan (PSDB-SP), o juiz poderá determinar a matrícula dos dependentes da vítima em instituição de educação básica mais próxima do seu domicílio, independentemente da existência de vaga.

Para a autoria da proposta, Geovania de Sá (PSDB-SC), as matrículas não podem ser negadas “no momento em que mais a vítima necessita”. “Não raras vezes, a mulher que é vítima de violência doméstica não pode matricular seus filhos na escola mais próxima de sua residência. Nesses casos, ter prioridade para escolher o local mais adequado para que seus filhos possam estudar é muito importante e deve compor o rol de medidas emergenciais a que essas pessoas têm direito”, afirmou a parlamentar na justificativa do projeto de lei. :: LEIA MAIS »



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia