Divulgação01O primeiro Núcleo Territorial do NEOJIBA (www.neojiba.org) na Região Sudoeste da Bahia será inaugurado nesta sexta-feira (4), às 9h, no Centro de Cultura Camillo de Jesus Lima (Av. Rosa Cruz, 45, Candeias, tel. 77 3424-4725), em Vitória da Conquista, cidade localizada a 531 km de Salvador. Estão confirmadas as presenças do secretário de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social da Bahia (SJDHDS), Carlos Martins, do diretor geral e criador do NOEJIBA, maestro Ricardo Castro, além de músicos, instrutores e coordenadores do programa, personalidades e artistas locais.
Programa do Governo do Estado, o NEOJIBA existe há 12 anos e já atendeu, direta e indiretamente, mais de 10 mil crianças, adolescentes e jovens em vulnerabilidade social. Hoje, integra as políticas públicas prioritárias através da SJDHDS e é gerido pelo Instituto de Ação Social pela Música (IASPM).
EXCELÊNCIA – Até então o programa atuava com núcleos de prática musical, mas os Núcleos Territoriais do NEOJIBA (NTN) que estão começando a ser implantados em regiões da Bahia terão mais estrutura e logística, visando promover educação musical coordenada e de excelência em todo o estado. Dentre as mudanças, as melhorias de gestão, novas equipes administrativas, pedagógicas e de desenvolvimento social, ampliando e interiorizando os benefícios do NEOJIBA. Uma das formas de atendimento a tantos municípios é estimular a formação de multiplicadores em várias cidades.

Na última segunda-feira (30) foi inaugurado o Núcleo Territorial do NEOJIBA Antônio Gasparini, no Centro Social Urbano da SJDHDS em Feira de Santana, com previsão de atender cerca de 80 municípios. Já na próxima segunda-feira (7), será inaugurado o NTN em Teixeira de Freitas. A ideia é que até 2023 o NEOJIBA atenda os 417 municípios baianos, através de 10 NTN, sendo nove no interior do estado e um na Região Metropolitana de Salvador. A seleção dos municípios seguiu acordo entre a Casa Civil e a SJDHDS, priorizando áreas de vulnerabilidade social e integradas ao Programa Pacto pela Vida.
Em Vitória da Conquista, o NTN funcionará no Centro Cultural de Conquista, espaço da Secretaria de Cultura do Estado (SecultBA), que é administrado via Diretoria de Espaços (DEC) da Superintendência de Desenvolvimento Territorial (Sudecult).
Além da assistência social, formação e multiplicação, os NTN se propõem a apoiar projetos musicais como bandas filarmônicas, fanfarras escolares e ações estruturantes governamentais como o ‘Escolas Culturais’. Cada NTN tem de 150 a 300 vagas, principalmente para inscritos no programa Jovem Aprendiz. Também bolsistas técnicos de luteria (reparo de instrumentos) e de arquivo de partituras, ou estagiários de cursos superiores de música. Dentre as atividades, iniciação musical, prática musical coletiva (canto coral e orquestras) e luteria. Para mais informações acesse: www.neojiba.org, instagram (@neojiba) e facebook (NEOJIBA).