Live Aula MagnaEm Aula Magna transmitida ao vivo, para mais de 3,9 mil educadores, o professor doutor da Universidade de Lisboa e embaixador de Portugal para Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO), António Nóvoa, pontuou que crise causada pela pandemia do Coronavírus irá acelerar a história e assim, provocar uma metamorfose no modelo de escola que conhecemos. “A transição digital, por meio dos mais diversos dispositivos irá acontecer de forma mais rápida e teremos uma mudança da escola. Será preciso criar novos ambientes de sala de aula e devemos nos reinventar enquanto educadores no pós-crise”, pontuou Nóvoa durante a live que marcou a abertura da Formação Continuada Territorial a Distância, promovida pela Secretaria da Educação do Estado da Bahia, por meio do Instituto Anísio Teixeira (IAT).

António Nóvoa ainda destacou a importância da formação continuada em tempos de crise. “Se existe um momento em que a formação continuada dos educadores se faz essencial, este momento é agora. Precisamos discutir e compartilhar uns com os outros e reconstruir nossas aprendizagens”. Para Nóvoa é preciso garantir a continuidade das aprendizagens de professores e estudantes. “Não há democracia sem uma escola pública forte, como um bem comum de todos nós. Não há futuro para essa sociedade sem que os professores saibam estar no momento certo nesse lugar de coragem chamado agora”.

“É uma alegria e satisfação, que mesmo em um momento difícil nós conseguirmos abrir uma turma de formação continuada a distância. Isso nos dá um conforto que mesmo vivendo uma pandemia seguimos dando continuidade a uma agenda planejada e com a presença de um educador tão importante para nós como o professor Antônio Nóvoa, que traz uma reflexão do nosso lugar de educador e gestor da educação pública do estado da Bahia. Gostaria de saudar todos que se envolveram nessa formação e agradecer a parceria com a UPB e com a Undime”, disse o secretário de Educação do Estado, Jerônimo Rodrigues

“Esta atividade tem como foco garantir a formação de gestores escolares, coordenadores pedagógicos e equipes técnicas das redes municipais e estadual de educação, em regime de colaboração” informou Cybele Amado, diretora geral do IAT. Nesta quarta-feira (15), as atividades formativas serão realizadas por meio de um ambiente virtual de aprendizagem com um grupo de 128 formadores. Já no dia 27/04, a formação irá alcançar cerca de 10 mil educadores dos 27 Territórios de Identidade.

“Nesse momento de pandemia, nós professores e secretários da Undime, estamos nos reinventando com ações que estejam voltadas para todos. E tudo que seja feito, seja de fato para enaltecer quem acredita na transformação de um país através da educação”, afirmou Raimundo Pereira, presidente da União dos Dirigentes Municipais de Educação (UNDIME-BA).